Um dia após cair de carro na cratera que se abriu na BR-470, em Rio do Sul, o aposentado Hélio Scharf, de 70 anos, contou sobre o susto do acidente. Ele viajava com a companheira de Agrolândia, onde mora, para Blumenau, na casa da filha, quando o veículo simplesmente despencou no buraco de 16 metros de profundidade que surgiu após as chuvas na madrugada de quarta-feira (14).

Continua depois da publicidade

Inscreva-se e receba notícias pelo WhatsApp do Vale do Itajaí

Era por volta das 5h. Ainda estava escuro e, como ainda não havia sinalização, Hélio nem suspeitou sobre a situação da rodovia. Ele contou ter percebido no trevo de Laurentino alguns motoristas fazendo o retorno, mas mesmo assim não imaginou que o asfalto havia cedido por completo. O casal só se deu conta quando o carro já estava caído de lado no buraco com eles presos aos cintos de segurança.

— Ficamos uns 10 ou 15 minutos no carro até conseguir sair, naquela ânsia de conseguir abrir a porta. Tinha gente de um lado da margem, pedimos ajuda, mas acho que não tinham como descer, aí chamaram os bombeiros — contou Hélio ao repórter Felipe Sales, da NSC TV.

Antes da chegada do socorro, porém, o idoso conseguiu abrir uma porta e saiu. Depois, ajudou a companheira a deixar o automóvel. Havia muito barro e água correndo na cratera, o que causou mais medo à dupla. Apesar do susto, o casal ficou apenas com alguns hematomas nas pernas e dores pelo corpo, mas não precisaram ser levados ao hospital.

Continua depois da publicidade

— Saímos com lama no joelho, fomos pela margem do rio e daí os bombeiros chegaram. Eles nos ajudaram a subir pelo barranco — relata.

O carro foi tirado da cratera no começo da tarde de quarta (14), quando o governo federal iniciou os trabalhos para recompor a pista. Um vídeo feito por Hélio mostra a situação que ficou o veículo (assista abaixo). O casal precisou pedir ajuda de familiares para voltar para casa.

Veja como ficou o carro após o acidente

Leia também

Trabalhador usa escavadeira e salva colega prensado por placa de ferro em Itapema

Pug, yorkshire e até lulu da pomerânia são resgatados de canil clandestino em Blumenau

Destaques do NSC Total