nsc
an

Imunização

Idosos podem agendar para receber vacina contra a gripe em casa em Joinville

Unidades de saúde estão com vacinas em falta e devem retomar atendimento normal no dia 6

30/03/2020 - 11h31 - Atualizada em: 09/04/2020 - 14h17

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Vacinas contra a gripe
Vacinas contra a gripe
(Foto: )

Como a vacina da gripe está em falta em algumas unidades de saúde de Joinville, o município está realizando a imunização em casa mediante agendamento por telefone. O serviço acontece até sexta-feira e tem como prioridade os idosos acamados.

> Em site especial, saiba tudo sobre o coronavírus

Desde quando iniciou a campanha de vacinação, no último dia 23, foram vacinados 16 mil idosos. A meta é atingir 46 mil pessoas com 60 anos ou mais. No entanto, há vacinas em falta na rede pública, por isso a orientação é para que os idosos façam o agendamento por telefone para evitar aglomerações e a exposição ao coronavírus.

Os familiares com idosos acamados devem ligar às unidades de saúde mais próximas para solicitar o serviço residencial. Eles terão prioridade, assim como os abrigados nas Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs).

A previsão da prefeitura é de que a vacinação nos postos de saúde retorne no dia 6, mas ainda serão divulgados detalhes da retomada nos próximos dias. Na última semana, o município também realizou a vacinação por drive thru, em que idosos eram atendidos dentro dos veículos na Arena Joinville.

O primeiro dia de vacinação dentro dos carros gerou fila de aproximadamente 8 mil veículos, de acordo com estimativa do Departamento de Trânsito. No sábado, a ação foi repetida na Arena Joinville. A Secretaria da Saúde está avaliando a realização de ação semelhante.

Telefones para agendamento da vacinação
(Foto: )

Entenda as etapas da campanha de vacinação contra a gripe:

Segunda-feira, 23 de março

Grupo: idosos (acima de 60 anos) e para trabalhadores da saúde

Quinta-feira, 16 de abril

Grupo: professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Sábado, 9 de maio

Grupo: crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, adultos de 55 a 59 anos e pessoas com deficiência física, visual, auditiva, múltipla, intelectual e mental.

Colunistas