A madrugada desta segunda-feira (17) foi de muita tainha para os pescadores de Florianópolis. O peixe voltou a aparecer e dessa vez foi capturado em grande quantidade no Norte da Ilha, especialmente na Lagoinha do Norte e na Praia Brava.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

A estimativa inicial dos pescadores é que tenham sido capturados cerca de 20 mil peixes no lanço na Lagoinha do Norte. Contudo, a contagem oficial ainda não foi finalizada. Ainda teve tainha na rede na Praia Brava, que também fica no Norte da Ilha. Por lá, a estimativa é de 25 mil tainhas, que ainda devem ser contadas para o registro dos pescadores.

Imagens registradas pelos pescadores e divulgadas nas redes sociais mostram a grande quantidade de peixe, já sobre a areia, na manhã desta segunda.

Veja vídeo

Continua depois da publicidade

De acordo com a última atualização do Tainhômetro, que contabiliza o número de tainhas pescadas em cada praia da capital, a campeã desta safra até o momento é a Praia dos Ingleses, com 71.017 tainhas. Na seguida aparece a Barra da Lagoa, com 46.832, e a Prainha da Barra da Lagoa, com 41.196 peixes pescados. Confira o ranking:

  • Ingleses: 71.017
  • Barra da Lagoa: 46.832
  • Prainha da Barra da Lagoa: 41.196
  • Lagoinha do Norte: 39.567
  • Pântano do Sul: 17.765
  • Galheta: 16.613
  • Naufragados: 16.087
  • Campeche: 15.401
  • Praia do Gravatá: 13.380
  • Praia Brava: 12.810
  • Moçambique: 9.851
  • Santinho: 8.003
  • Cachoeira do Bom Jesus: 4.213
  • Ponta das Canas: 3.745
  • Daniela: 3.302
  • Jurerê: 2.416
  • Caiacanga: 2.180
  • Canasvieiras: 1.683
  • Praia do Forte: 972

Arrasto de praia já capturou mais de 780 mil tainhas

Segundo estimativas da plataforma Informações da Pesca (IDP), coletada com os ranchos de pesca, e divulgadas pelo Governo do Estado, os pescadores artesanais já capturaram mais de 780 mil tainhas na safra de 2024, utilizando a técnica de arrasto de praia.

Os números representam um grande crescimento se comparado com as capturas de anos anteriores. Ao longo de toda a temporada de 2023, por exemplo, foram capturadas 505.502 tainhas.

Continua depois da publicidade

Até o dia 12 de junho, Florianópolis liderava a lista com o maior de número de tainhas capturadas, com um total de 339.960 peixes. Bombinhas vem em seguida, com 282.324 tainhas capturadas e em terceiro lugar está Palhoça, com 39.393 tainhas. Ao todo, o total de peixes capturados equivale a 1.326.363 quilos.

O arrasto de praia utiliza redes, que são puxadas de forma manual com o auxílio de pequenas embarcações na praia. Entre os fatores que podem ter ajudado para uma safra tão farta estão as condições climáticas e a diminuição da captura na Lagoa dos Patos (RS).

Fotos mostram captura de tainha no Norte da Ilha

Leia também

FOTOS: Pescadores capturam grande lanço de tainha no Ingleses, em Florianópolis

Tainha “uruguaia”? O que explica a safra de peixes maiores capturados em SC

Destaques do NSC Total