nsc
dc

LEITURA FACIAL

Intelbras lança sistema de leitura facial mais rápido do Brasil

Os modelos também realizam o controle de acesso sem contato físico

15/08/2020 - 07h00

Compartilhe

Por Fabrício Vitorino
Intelbras
Intelbras
(Foto: )

A Intelbras, catarinense de São José, lança os controladores de acesso por leitura facial mais rápidos e precisos do mercado brasileiro. Os equipamentos escaneiam rostos em até 0,2 segundos - a média de leitura de produtos semelhantes disponíveis no mercado é de 5 segundos - tornando o controle de pessoas mais ágil e seguro, evitando aglomerações e atrasos. Os modelos também realizam o controle de acesso sem contato físico, garantindo a diminuição do risco do contágio de doenças em ambientes como empresas, universidades e condomínios.

> Ética X Inteligência Artificial: qual o limite entre os dois assuntos?

A linha possui produtos que medem a temperatura corporal com precisão, identificando pessoas com febre, um dos sintomas da Covid-19, tecnologia anti-fake que identifica e compara a profundidade da imagem, impossibilitando o uso de fotos e vídeos na tentativa de liberação do acesso e inteligência artificial capaz de reconhecer os usuários cadastrados mesmo diante de variações físicas como mudança de roupa, corte de cabelo ou uso de óculos.

> Conheça as inovações tecnológicas que aumentam a produtividade nas empresas

Santa Catarina oficializa Delegacia Virtual da Mulher

Diante do aumento de casos de violência contra a mulher durante a pandemia - e da dificuldade do acesso presencial às delegacias - a Alesc aprovou na última quarta-feira (12) a criação da Delegacia Virtual da Mulher, que entrou no ar antes mesmo da aprovação da matéria, ainda no dia 31 de julho, noticiada pela repórter Juliana Gomes, da CBN Diário.

Mas ainda é difícil achar exatamente onde fazer a denúncia no site. Uma busca por “delegacia virtual sc” ou “delegacia virtual da mulher sc”, no Google, leva ao site. Ali, é preciso rolar a tela até um tímido link “clique aqui”. Então, na nova página, é preciso entender que agressão contra mulher está no menu “violência doméstica”.

Fica aqui o feedback para a Polícia Civil: esses menus precisam ser mais intuitivos e de fácil acesso. E “violência doméstica” é um eufemismo para “agressão/violência contra a mulher”.

Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

Colunistas