A investigação do caso do turista que teve o corpo queimado enquanto dormia na Avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis, é acompanhada pela OAB/SC. A instituição, por meio das Comissões de Direitos Humanos e Direito da Vítima, emitiu nota na terça-feira (18) pedindo agilidade na identificação dos autores do ataque.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

A vítima, um homem de 27 anos, segue hospitalizada, mas não corre risco de vida. Ele teve ferimentos nas pernas.

Na nota, a OAB manifestou também repúdio a “toda forma de violência, preconceito e extremismo praticados sob qualquer pretexto contra qualquer cidadão ou cidadã em território catarinense”. A Polícia Civil não descarta que a ação contra o turista se trate de crime de ódio.

— Não podemos falar pela polícia, que é quem tem competência para investigar o caso e que tem os elementos para fazer essa afirmação, mas o tipo da violência praticada indica essa possibilidade que poderá ser confirmada ou não — diz Matheus Felipe de Castro, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/SC.

Continua depois da publicidade

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital. Segundo a Diretora da Polícia Civil da Grande Florianópolis, Michele Alves Correa Rebelo, os investigadores não encontraram câmeras de segurança próximas ao local do ataque.

Relembre o caso

O caso ocorreu na madrugada de domingo (15). Conforme o 4º Batalhão da Polícia Militar, a vítima relatou que viajaria de ônibus de Florianópolis para Presidente Prudente (SP) e que decidiu aguardar pelo horário de embarque na Beira-Mar Norte.

Ele acabou adormecendo no local e, ainda segundo seu relato aos policiais, acordou ao sentir um líquido escorrendo pelo corpo e viu que estava pegando fogo.

A vítima contou também ter ouvido vozes e risadas, mas não conseguiu identificar as pessoas. Segundo a PM, os criminosos também colocaram fogo na mochila do homem, onde estavam pertences como celular, documentos e dinheiro.

Continua depois da publicidade

Leia também 

Onda de assassinatos em São Francisco do Sul provoca operação das polícias em SC

Mulheres têm terça-feira de terror nas mãos de agressores em Blumenau e região

Idoso é preso suspeito de abusar sexualmente da bisneta dentro da própria casa em Joinville

Destaques do NSC Total