nsc
an

Trânsito

Irmão do prefeito de Joinville bate carro de luxo no Centro da cidade

Acidente envolvendo o empresário foi registrado às 23h33 pela Polícia Militar, na última sexta-feira (30). Joinville conta com decreto de toque de recolher, assinado pelo prefeito Adriano, que proíbe a circulação de pessoas a partir das 23 horas

01/05/2021 - 10h24 - Atualizada em: 01/05/2021 - 11h15

Compartilhe

Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Acidente aconteceu na noite da última sexta-feira
Acidente aconteceu na noite da última sexta-feira
(Foto: )

André Bornschein Silva, irmão do prefeito de Joinville, Adriano Silva, se envolveu em um acidente no fim da noite da última sexta-feira (30) no Centro da cidade. 

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

A situação foi registrada na rua Henrique Meyer. Segundo a Polícia Militar (PM), uma testemunha informou que o veículo BMW M6 Gran Coupe seguia em alta velocidade e se perdeu na via. Na sequência, o carro colidiu contra a mureta do hotel localizado na mesma rua. 

Na ocasião, a testemunha disse à polícia que outro motorista teria prestado auxílio e que a vítima do acidente teria deixado o local antes mesmo da chegada das guarnições. 

A ocorrência foi gerada pela PM às 23h33. Joinville conta com toque de recolher, previsto em decreto assinado pelo prefeito Adriano Silva, o qual restringe a circulação de pessoas na cidade após as 23 horas como medida de prevenção contra o coronavírus. Durante o período, é permitida apenas a circulação de pessoas que precisam se deslocar ao trabalho ou em busca de atendimento de saúde. 

> Prefeito de Joinville agradece quem descumpriu decreto com praça "cheia de famílias"

Motorista estava sozinho no veículo

Em nota, a assessoria da família confirmou que o carro que ele conduzia chocou-se contra um muro e provocou danos materiais. A nota pontua, ainda, que não houve envolvimento de outros veículos ou pessoas no acidente. 

André, que é empresário e presidente de uma empresa de embalagens para indústria de perfumaria e cosméticos, estava sozinho no carro. Depois da colisão, ele teria buscado atendimento médico e, ainda de acordo com a nota, passa bem. Um boletim de ocorrência foi registrado pela Polícia Militar. 

Questionada pela reportagem sobre o motivo do acidente, sobre o que ele teria alegado em depoimento e se teria fugido do local, a assessoria informou que não daria mais detalhes. 

> Motociclistas ficam feridos em acidente entre duas motos em Canoinhas

Colunistas