nsc
hora_de_sc

Perdas irreparáveis

Ivete lamenta 500 mil mortes pela Covid-19 e escreve que situação “não é sobre partidos”; internet critica

Cantora estava sendo cobrada pelos fãs, nos últimos meses, para se posicionar em relação à pandemia e à situação política do país

21/06/2021 - 16h05 - Atualizada em: 21/06/2021 - 17h07

Compartilhe

Por Redação NSC
Ivete fez a postagem na noite deste domingo (20)
Ivete fez a postagem na noite deste domingo (20)
(Foto: )

Em uma postagem nas redes sociais que provocou grande repercussão, Ivete Sangalo lamentou as 500 mil mortes causadas pela Covid-19 no Brasil e causou um alvoroço na internet ao dizer que a situação “não é sobre partidos”.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

"Não é natural. Não é uma mentira. É estarrecedor pensar sobre milhares de vidas ceifadas e dores irreparáveis em torno dessas perdas. Não é sobre partidos, é sobre humanidade", escreveu a cantora em seu Instagram, neste domingo (20).

Nos últimos meses, Ivete vem sendo cobrada por fãs para se posicionar em relação à pandemia e à situação política do país. A postagem deste domingo, apesar de lamentar as 500 mil mortes, provocou críticas de internautas.

> SC chega a 1 milhão de casos confirmados de Covid-19

"É um projeto", respondeu a influenciadora Maíra Azevedo, conhecida como Tia Má, do Encontro com Fátima, na Rede Globo.

"Ivete, infelizmente é sobre partido sim, é sobre ter lado, é sobre não ter medo de dar nomes aos bois", escreveu um seguidor.

Em maio, durante uma live em comemoração ao Dia das Mães, a cantora protestou contra as mortes da pandemia. A manifestação foi feita em uma pausa da live para homenagear o ator e humorista Paulo Gustavo, de quem ela era amiga.

"Ele se foi e a gente perdeu a presença dele", lamentou. "Não se pode pensar nos filhos de alguém como números. Isso não dá, é muita falta de respeito", criticou Ivete, que não citou nomes na ocasião. "O que poderia ser mais impactante do que milhares de vidas perdidas? Quanto mais de tudo isso vai precisar acontecer para que haja gestos de responsabilidade e empatia?"

> “Perdemos uma Florianópolis inteira” diz Miguel Nicolelis sobre mortes por Covid-19

Anitta se pronuncia sobre a situação

Pelo Twitter, a cantora Anitta se pronunciou sobre a marca de 500 mil mortos por Covid-19 no Brasil. A cantora citou o nome de Bolsonaro e pediu a saída dele da presidência. Os internautas associaram o tweet a uma indireta para Ivete Sangalo.

> Barbeiro morre por Covid-19 em Caçador sem conhecer filho recém-nascido

"500 mil mortes... é sobre FORA BOLSONARO sim! A favor da democracia, da economia, da saúde, da educação, do senso coletivo", escreveu Anitta.

“Por mais anittas e menos ivetes! É sobre isso!”, disse um usuário do Twitter. 

> Adolescente é internado para cirurgia e morre de Covid-19 em Xanxerê

O influenciador Felipe Neto também se posicionou em relação à fala de Ivete.

"Desculpa Ivete, sua música continua no meu coração, mas o quanto eu já te amei como ídola, infelizmente foi interrompido pelo seu ‘emcimadomurismo'. Anitta mandou o papo. É sobre política e partidos SIM. É sobre Fora Bolsonaro SIM. Sei que um dia você vai perceber”, escreveu.

Outros artistas também se posicionaram.

Colunistas