O inquérito sobre o acidente em que uma Mercedes bateu contra um ônibus próximo ao Terminal Proeb, em Blumenau, foi concluído nesta quinta-feira (13). A Polícia Civil indiciou três pessoas e, passado quase um mês do caso, agora se tem uma cronologia sobre os momentos que antecederam a batida. Conforme a investigação, houve jantar com amigos, parada em loja de conveniência e bebedeira.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp

As apurações indicam que havia duas pessoas dentro do carro de luxo. Ambas teriam participado de um jantar de confraternização e chegaram já na madrugada de terça-feira (20) a uma loja de conveniência. Lá ficaram por quase duas horas. Imagens das câmeras mostram os homens consumindo bebidas alcoólicas e visivelmente embriagados, inclusive com dificuldade de equilíbrio e desorientação.

Conforme a polícia, o dono da Mercedes entregou o volante ao amigo, mas ambos estavam alcoolizados. O veículo seguia pela Rua Humberto de Campos quando, por volta das 4h45min, o condutor perdeu a direção, bateu em um poste, atravessou o canteiro que divide as pistas na Rua 7 de Setembro e atingiu o ônibus, deixando oito pessoas feridas.

A dupla fugiu sem prestar socorro com o auxílio de um terceiro homem. Esse seria um amigo dos dois e também estava na conveniência. Ele seguia em outro carro, acompanhando o trajeto da Mercedes. Câmeras de monitoramento da Guarda de Trânsito captaram toda a dinâmica do acidente, inclusive o momento em que pessoas ajudaram o condutor a sair do carro (assista abaixo).

Continua depois da publicidade

Todos prestaram depoimentos ao delegado André Amarante, responsável pela Delegacia de Delitos de Trânsito. Eles vão responder, a princípio em liberdade, pelos crimes de embriaguez ao volante, fuga do local do acidente, lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e entrega de veículo a pessoa sem condições de dirigir em segurança.

O inquérito segue agora para análise do Ministério Público, responsável por fazer a denúncia à Justiça.

A Guarda de Trânsito aplicou três multas no veículo, no valor total de R$ 4.402,02, pelas seguintes infrações: deixar de prestar ou providenciar socorro às vítimas, deixar de tomar providências para evitar perigo ao trânsito após o acidente e não identificar-se às autoridades de segurança.

Vídeo mostra motorista sendo tirado da Mercedes

Leia mais

Árvore cai e mata trabalhador durante manutenção de rede telefônica em Brusque

Continua depois da publicidade

Vídeo impressionante mostra vento arrancar telhado inteiro de casa em Itapema

Destaques do NSC Total