nsc
an

Meio ambiente

Jararaca com tamanho raro é capturada em Jaraguá do Sul: "Animal muito grande"

Segundo biólogo, esta é a maior cobra encontrada no município nos últimos quatro anos

26/10/2021 - 05h00 - Atualizada em: 26/10/2021 - 13h44

Compartilhe

Carolina
Por Carolina Fernandes
Por Luana Amorim
Jararaca foi encontrada em uma casa no domingo (24)
Jararaca foi encontrada em uma casa no domingo (24)
(Foto: )

Uma jararaca de 1,30 metro foi capturada em uma casa em Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina. Esta é a maior cobra encontrada no município nos últimos quatro anos, segundo a Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama). As informações são do G1. 

> Receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O caso aconteceu por volta do meio-dia de domingo (24) no bairro Jaraguá Esquerdo, e o resgate durou cerca de 42 minutos. Segundo os bombeiros voluntários, que atenderam à ocorrência, não foi possível detalhar como foi a retirada da jararaca devido ao alto número de chamados envolvendo cobras na cidade. 

> Cobra venenosa de quase um metro é flagrada brincando com gato em Ibirama

Depois do resgate, o animal, da espécie Bothrops jararaca, foi entregue à Fujama, onde os biológos perceberam que o tamanho da cobra era acima da média. 

— Medimos o animal e ele tem 1,30 metro. A maior jararaca capturada aqui no município desde 2017 — afirma o biólogo Gilberto Ademar Duwe.

Comportamento calmo também chamou atenção

Nesta segunda-feira (25), os biológos realizaram a transposição do animal, que é venenoso, para avaliação da saúde e medição. Mas o que chamou a atenção foi o comportamento calmo da serpente. 

— Ela não deu nenhum bote. Estava bem calminha e tranquila. Esses bichos adultos quando têm esse tamanho, mais de um metro, eles são calmos. Isso porque eles sabem o poder que têm. Poucos animais na natureza mexem com ele, eles sabem o poder da picada de um animal destes — diz o biólogo Christian Raboch. 

Ainda segundo Christian, a média de tamanho de serpentes da espécie é de cerca de um metro e, por isso, o comprimento da cobra é considerado raro. 

— Entre 1,20 e 1,30 é mais raro. É realmente um animal muito grande — pontua. 

Nos próximos dias, a equipe da Fujama fará a soltura do animal em uma área de preservação ambiental, distante da área urbana. 

Animal será solto na natureza
Animal será solto na natureza
(Foto: )

O que fazer ao ser picado por uma cobra? 

  • Caso seja picado por uma cobra, não amarre o local. Segundo o biólogo Christian Lempek, o torniquete pode aumentar o risco de necrosar o local e resultar até em amputação;
  • Não corte o local, faça perfurações ou sucção;
  • O local da picada deve ser lavado com água e sabão;
  • A vítima deve ser levada o mais rápido possível ao hospital;
  • É importante tentar identificar a serpente (pode ser por foto, se possível) pois isso facilitará para escolha do soro antiofídico a ser aplicado.

O que fazer ao encontrar uma cobra? 

  • Entre em contato com os Bombeiros (193) ou com a Polícia Ambiental da sua cidade (190);
  • Em caso de acidente com serpente, entre em contato com o Samu (192), os Bombeiros (193) ou se dirija ao hospital público mais próximo;
  • Em caso de dúvidas ou orientações sobre procedimentos de primeiros socorros, ligue para o Centro de Informação e Assistência Toxicológica de Santa Catarina (CIATox/SC), pelo telefone: 0800 643 5252.
  • O telefone da Fujama, em Jaraguá do Sul, é (47) 3273-8008, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17 horas.

Leia também 

Cobra levada a hospital ajuda a salvar criança em Blumenau e serve de alerta

Jararaca albina de 1 metro é capturada no portão de uma casa, em Jaraguá do Sul

Morador encontra cobra de 1,5 metro em quarto de ferramentas em Jaraguá do Sul; veja o resgate

Colunistas