nsc
    an

    Eleições 2020

    Idosos reclamam de dificuldade em acessibilidade no maior local de votação de Joinville

    Escada rolante estava desligada e apenas um dos elevadores funcionava para levar os idosos às seções

    15/11/2020 - 09h21 - Atualizada em: 15/11/2020 - 15h27

    Compartilhe

    Patrícia
    Por Patrícia Della Justina
    Mais de 9,4 mil pessoas devem passar pelo maior local de votação de Joinville
    Mais de 9,4 mil pessoas devem passar pelo maior local de votação de Joinville
    (Foto: )

    O dia começou tranquilo nos locais de votação em Joinville neste domingo (15) e bastante marcado pela presença de idosos. Na Faculdade Cenecista de Joinville (FCJ), maior local de votação da cidade durante as Eleições 2020, uma das principais reclamações foi a dificuldade na acessibilidade para quem tem mais de 60 anos.

    ​> Em site especial, saiba tudo sobre as eleições municipais 2020​

    Parte dos eleitores precisaram subir um ou até dois andares pelas escadas para chegar às seções, já que as escadas rolantes estavam desativadas para manutenção e apenas um dos elevadores, que é pequeno, estava em funcionamento. Mais de 9,4 mil pessoas devem passar pelo local neste domingo. 

    Conforme um dos juízes eleitorais de Joinville, Yhon Tostes, problemas corriqueiros já foram sanados ainda nesta manhã, como questões técnicas simples em poucas urnas e falta de mesários em algumas seções. 

    > Quer notícias de Joinville e região por WhatsApp? Entre no grupo do AN

    Ainda conforme o juíz, até o momento a cidade não registra ocorrências de boca de urna. Além disso, há uma redução significativa com relação à emissão de santinhos, principalmente em comparação às eleições de anos anteriores.  

    Até o momento também não há registros de aglomerações ou problemas no que diz respeito às indicações de prevenção ao coronavírus. No entanto, foi constatado que mesários de alguns locais de votação estão usando apenas as máscaras de proteção e não a proteção facial, o face shield. 

    > Joinville escolhe 19 vereadores no domingo; número de vagas poderia ser maior

    O que levar 

    Máscara

    O uso de máscara será obrigatório para os eleitores nos locais de votação como medida de prevenção ao novo coronavírus.

    Documento com foto

    É obrigatória a apresentação de um documento com foto para identificação do eleitor. São aceitos documentos como carteira de identidade, habilitação, de trabalho, passaporte e outros.

    Título de eleitor

    Além de documento com foto, o cidadão também pode levar o título de eleitor, que facilita a identificação da seção em que ele vota e do cadastro do eleitor no caderno de votação. O aplicativo e-Título, que reúne informações eleitorais do eleitor, também pode ser utilizado.

    > Pesquisa em Joinville: Krelling empata com Darci; cenário de 2º turno segue indefinido

    Caneta

    A Justiça Eleitoral pede que quem puder leve sua própria caneta para assinar o caderno de prova. Assim, evita a utilização da caneta de uso comum, o que ajuda na prevenção contra o novo coronavírus. Quem precisar usar a caneta da seção eleitoral poderá higienizá-la com álcool-gel.

    Cola eleitoral

    Quem preferir também pode anotar os números dos candidatos em um papel para fazer a famosa cola eleitoral. É permitido levar a cola para a cabine de votação, já o uso de telefones celulares é proibido. O primeiro voto será para vereador e o segundo, para prefeito.

    ​> Cola eleitoral das Eleições 2020: imprima e preencha​

    Cuidados contra a Covid-19

    As Eleições 2020 também vão exigir cuidados para prevenir o contágio pelo novo coronavírus. Entre as medidas recomendadas pela Justiça Eleitoral estão o uso de máscara e o distanciamento mínimo de um metro - que serão obrigatórios -, evitar levar crianças e não consumir alimentos nos locais de votação.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Política

    Colunistas