nsc
an

Fiscalização

Joinville teve 11 estabelecimentos interditados no fim de semana de lockdown

Outros 34 estabelecimentos foram notificados por cometer irregularidades

01/03/2021 - 10h02

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Fiscalização em um posto de combustíveis de Joinville
Fiscalização aconteceu durante o fim de semana em Joinville
(Foto: )

Joinville teve 11 estabelecimentos interditados após flagrantes de irregularidades no fim de semana de lockdown. Mais de 100 profissionais realizaram ação de fiscalização da noite da última sexta-feira (26) até o domingo (28) em 291 locais espalhados pela cidade.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

Segundo o comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Celso Mlanarczyki Júnior, em entrevista à CBN Joinville, a maior parte dos 11 estabelecimentos já havia descumprido as regras sanitárias anteriormente ou estava "claramente com intuito de descumprir".

> Em lockdown, SC registra ocorrências de desrespeito e aglomeração

Outros 34 estabelecimentos foram notificados por apresentar alguma irregularidade. Além disso, foram abordadas cerca de 1,2 mil pessoas e 99 veículos durante toda a ação, que reuniu a Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros Militares, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Departamento de Trânsito e outros órgão da prefeitura.

Fiscalização reuniu as policiais Militar e Civil, bombeiros e órgãos da prefeitura
Fiscalização reuniu as policiais Militar e Civil, bombeiros e órgãos da prefeitura
(Foto: )

- A avaliação é muito positiva. Tivemos a colaboração muito grande por parte da população e, na maioria das ocorrências atendidas, não houve resistência dos estabelecimentos para permanecerem abertos - avalia o coronel.

> SC tem segunda maior taxa de distanciamento social do país com lockdown

De acordo com Mlanarczyki, a Polícia Militar e os demais órgãos trabalharam em caráter orientativo e a maior preocupação era com situações de aglomerações em alguns locais, como pontos de combustíveis e outros com reunião de veículos.

Ouça a entrevista completa com o coronel Mlanarczyki:

Leia também:

> Bairros de Joinville podem ter falta de água por causa da turbidez dos rios

> Jovem de 22 anos morre após acidente em viaduto de Joinville

Colunistas