nsc
dc

ATENTA!

Jovem pede ajuda para localizar "crush" em SC e viraliza: "Saiu do meu controle"

Publicação nas redes sociais teve mais de 1,6 mil compartilhamentos

28/07/2022 - 11h44 - Atualizada em: 28/07/2022 - 11h57

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Camilla
Por Camilla Martins
Jovem pede ajuda para localizar "crush" em SC e viraliza: "Saiu do meu controle"
Publicação foi feita na última terça-feira (26), após a partida entre Chapecoense e Grêmio
(Foto: )

A publicação de uma moradora de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, viralizou nas redes sociais depois da partida entre Chapecoense e Grêmio, na última terça-feira (26). A jovem pediu ajuda, por meio de uma publicação no Twitter, para saber quem era um torcedor que estava na Arena Condá, segundo o g1 SC. 

Receba notícias do DC via Telegram

"Se tem namorada eu já quero chegar pedindo desculpas. Mas se não tem, só queria te parabenizar mesmo", escreveu, ao publicar uma imagem do "crush" e questionar se alguém conhecia o rapaz. 

A publicação feita por Letícia Andrighe, que tem 25 anos, já tinha 32 mil curtidas e mais de 1,6 mil compartilhamentos até as 11h30 desta quinta-feira (28). 

De acordo com Letícia, depois de descobrir quem é o jovem, ela chegou a mandar mensagem para ele, mas não teve retorno. Enquanto isso, os amigos se divertem com a repercussão da história. 

— Isso saiu do meu controle num grau. Nunca imaginei [que ganharia essa proporção], porque não foi nessa pretensão. Foi pela brincadeira mesmo, para dar risada — disse ao g1 SC. 

A jovem também afirmou que apesar do "gelo", a situação é encarada de forma leve. 

— Sei que ele é de São Paulo e tímido. Não sei se ele vai me dar a chance de poder conversar com ele e poder me desculpar pelo auê todo. Mas está sendo engraçado — afirmou ao g1 SC. 

Número de casamentos cresce quase 30% em SC em 2021; veja registros por cidade

Segundo Letícia, a caixa de entrada das redes sociais dela ficou lotada com mensagens de outros garotos, além de algumas críticas. 

— Muita gente entrou em contato dizendo 'oi, eu sou o menino da Arena, se ele não quiser eu quero'. Também tiveram pessoas que mandaram mensagens dizendo que não era legal, mas não dei bola — comenta.

A jovem chegou a publicar um vídeo depois de perceber que a publicação havia repercutido mais do que o esperado e explicou por que não foi conversar com o torcedor, já que tinha se interessado. 

— É que eu tava meio a trabalho, meio não. No intervalo perdi ele de vista e não encontrei mais — disse. 

Leia também

"Anjos”, diz neta sobre avós que morreram em acidente no RS

Gás de cozinha não segue queda da gasolina em SC; entenda

Colunistas