O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) buscou driblar a perguntas sobre como evitará corrupção no país caso seja reeleito e admitiu ter havido corrupção na Petrobras. Líder nas pesquisas de intenção de voto, ele participa de sabatina nesta quinta-feira (25) ao Jornal Nacional, da TV Globo.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do DC via Telegram

O petista também fez críticas a sigilos decretados no governo Jair Bolsonaro (PL) e à ação do procurador-geral da República, Augusto Aras, chamado por ele de “engavetador”.

Acesse o Guia das Eleições 2022 do NSC Total 

Na segunda-feira (22), o presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), foi o entrevistado pela dupla de jornalistas. Já na terça-feira (23), foi a vez de Ciro Gomes (PDT) participar da sabatina. 

Continua depois da publicidade

A última entrevista que Lula concedeu enquanto candidato ao Jornal Nacional foi no pleito de 2006. Na época o petista enfrentava o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB), que será seu vice na chapa deste ano.

VÍDEOS: no Jornal Nacional, Lula responde sobre corrupção, Dilma e Lava-Jato

“Hoje iremos juntos até lá”, escreveu Lula nas redes na manhã desta quinta (25). E Alckmin respondeu: “E hoje estarei lá ao seu lado. Pela democracia, pela paz e pelo Brasil! Vamos juntos”.

Vestida de vermelho, Janja acompanha Lula no Jornal Nacional: “Só amor”

O perfil do PT no Twitter compartilhou o momento da chegada de Lula na Globo por volta das 19h30min.

Mais cedo nesta quinta (25), circulou em grupos de WhatsApp criados pela campanha do petista um flyer com dicas de como os apoiadores do petista poderiam ajudar “a espalhar a palavra de Lula no Jornal Nacional”.

Entrevista de Lula no Jornal Nacional provoca “panelaço” pelo Brasil

“Publique nas redes fotos assistindo ao JN, sempre usando a hashtag #LulaNoJN”, “relembre feitos positivos dos governos de Lula e Dilma”, “fale sobre novos projetos de Lula” e “compartilhe os motivos que levam você a votar no Lula” eram algumas das recomendações.

Continua depois da publicidade

À tarde, Lula compartilhou foto em suas redes sociais antes de sua participação na sabatina. “Gostaram da gravata? #LulaNoJN”, escreveu o petista.. 

*Reportagem de Victoria Azevedo e Tayguara Ribeiro

Entrevistas terão duração de 40 minutos

Com duração prevista de 40 minutos, as entrevistas serão transmitidas ao vivo pela TV Globo, pelo Globoplay e pelo g1 direto dos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro. O cenário manterá a linguagem e a identidade visual do ‘Jornal Nacional’ na movimentação das câmeras e nos elementos gráficos e cenográficos.

Foram convidados os cinco candidatos mais bem colocados na pesquisa de intenção de voto divulgada pelo Instituto Datafolha em 28 de julho. Com a retirada da candidatura de André Janones (Avante) e com o consentimento dos representantes de todos os partidos, a entrevista de Ciro Gomes foi antecipada em um dia, para garantir que todas sejam exibidas na mesma faixa horária, já que às quartas-feiras, por conta do futebol, o ‘Jornal Nacional’ vai ao ar mais cedo. A ordem das entrevistas é a mesma que foi sorteada em 1º de agosto, sem prejuízo aos demais candidatos. 

Confira as entrevistas no JN:

Entrevista de Jair Bolsonaro (PL)

Entrevista de Ciro Gomes (PDT)

Entrevista de Simone Tebet (MDB)

Saiba tudo sobre as Eleições 2022 em vídeo

Leia também: 

Jornal Nacional inicia entrevistas com candidatos à Presidência; veja ordem

Continua depois da publicidade

TSE recua e decide voltar a apresentar descrição de bens dos candidatos

Quem são todos os candidatos por Santa Catarina nas Eleições 2022

Destaques do NSC Total