nsc
dc

Democracia

Quem são os pré-candidatos a presidente nas Eleições 2022

A poucos meses das eleições de 2022, Bolsonaro, Lula e tentativas de viabilizar terceira via prevalecem entre os partidos

02/10/2021 - 06h32 - Atualizada em: 01/06/2022 - 09h57

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Fernanda
Por Fernanda Mueller
País deve assistir mais uma vez a uma disputa polarizada, com Jair Bolsonaro e Lula
País deve assistir mais uma vez a uma disputa polarizada, com Jair Bolsonaro e Lula
(Foto: )

A crise política e a constante tensão entre os poderes fazem com que a discussão sobre as eleições de 2022 sejam cada vez mais intensas, à medida que se aproxima a disputa nas urnas. Na disputa pela presidência da República, o país deve assistir mais uma vez a uma disputa polarizada, com Jair Bolsonaro e Lula como os principais personagens da divisão política.

Em contraponto a isso, outros partidos tentam viabilizar uma terceira via capaz de atrair a parcela do eleitorado que não se identifica nem com o atual presidente, nem com o ex.

Entenda mais sobre as pré-candidaturas à presidência no vídeo:

> Quem são os pré-candidatos ao governo de SC

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Saiba quem são os pré-candidatos a presidente para 2022

  • Lula (PT)
  • Bolsonaro (PL)
  • Ciro Gomes (PDT) 
  • Simone Tebet (MDB)
  • Luciano Bivar (União Brasil)
  • André Janones (Avante)
  • Felipe D'Ávila (Novo)
  • Eymael (Democracia Cristã)
  • Pablo Marçal (Pros)
  • Leonardo Péricles (UP)
  • Sofia Manzano (PCB)
  • Vera Lúcia (PSTU)

Tentativas de "outras vias" seguem fortes

Nessa pretensão, surgem tentativas de diferentes perfis. O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), mais identificado com o campo da esquerda, tenta buscar apoio entre legendas mais ao centro. João Doria venceu a disputa interna com Eduardo Leite no PSDB para ser a aposta dos tucanos para tentar retomar o protagonismo do partido nas eleições presidenciais anteriores a 2018. No entanto, em maio deste ano, Doria anunciou a desistência da candidatura a presidente. Com isso, a tendência é que os tucanos apoiem o nome de Simone Tebet, do MDB, embora um ressurgimento do nome de Eduardo Leite não seja descartado por alas do partido.

> Eleições devem dominar debates na Alesc no início do ano legislativo

O debate eleitoral de 2022 no país deve envolver a gestão da pandemia de Covid-19 feita pelo governo Bolsonaro e fatores como a alta dos preços e o aumento do desemprego, temas que já vêm sendo explorados em críticas ao atual presidente. Em contrapartida, Bolsonaro deve tentar resgatar escândalos de corrupção do governo petista para tentar enfraquecer a pré-candidatura de Lula.

As definições nacionais são consideradas importantes para as articulações nos Estados, já que eventual alinhamento na disputa presidencial pode dificultar uma união com adversários na esfera estadual.

A oficialização da pré-candidatura de Luciano Bivar, pela União Brasil, praticamente sepulta as pretensões do ex-juiz Sergio Moro de disputar o cargo.

Descubra tudo sobre os pré-candidatos a presidente para 2022

Leia também

"É impossível fraudar a urna", diz presidente do TRE-SC sobre eleições 2022

Deputado de SC faz post com teor racista para defender punição a menor infrator

Lula insiste em candidatura de Haddad em São Paulo e dá recado a Boulos e França

Colunistas