O presidente Lula (PT) pode receber alta ainda neste domingo (1º), de acordo com o boletim médico emitido pelo hospital Sírio-Libanês por volta das 10h. O presidente foi submetido a uma cirurgia de artroplastia total do quadril na sexta-feira (29).

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A nota, assinada pelo superintendente de Governança Clínica, Rafael Gadia, e pelo diretor clínico do hospital, Mario Suzuki, traz detalhes da recuperação do presidente.

Cirurgia no quadril de Lula não teve intercorrências; saiba como será a recuperação

Leia:

Continua depois da publicidade

“O paciente Luiz Inácio Lula da Silva, submetido em 29/9 a cirurgia de artroplastia total de quadril à direita e também a blefaroplastia, passou a noite estável e segue em recuperação. Caminhou, subiu e desceu escadas, com assistência fisioterapêutica.

As equipes médicas do Prof. Dr. Roberto Kalil Filho, da Dra. Ana Helena Germoglio e o Prof. Dr. Giancarlo Cavalli Polesello, responsáveis pelo seu cuidado, avaliam a possibilidade de alta ainda para o dia de hoje.”

O que é artroplastia total do quadril

Lula sofre de artrose no quadril, condição que faz o presidente se queixar de dor. O petista chegou a dizer em transmissão ao vivo na internet que “ninguém consegue trabalhar com dor o dia inteiro”.

O procedimento de artroplastia do quadril consiste na colocação de uma prótese no lugar da articulação desgastada. Todo o procedimento cirúrgico geralmente leva em torno de duas horas. A prótese pode durar mais de 15 anos, trazendo alívio de dor e melhorando a movimentação do corpo. O paciente está apto para caminhar no dia seguinte após o procedimento.

Continua depois da publicidade

Durante live, na terça-feira (26), Lula disse estar otimista em relação à cirurgia.

— Eu vou ter que ter um pouco de cuidado porque a operação parece simples, mas a recuperação, a fisioterapia e a dedicação, o tratamento, é fundamental. Então eu vou me cuidar com muito carinho. Estou muito otimista — afirmaou o presidente.

Quando Lula deve voltar ao trabalho

Segundo informações do g1, a cirurgia foi realizada em Brasília, já que os médicos recomendaram ao presidente não viajar após o procedimento. Lula deverá trabalhar no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, por pelo menos três semanas e poderá ficar até um mês e meio sem fazer viagens.

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Até novembro, o petista deve retornar aos compromissos internacionais. O presidente deverá ir aos Emirados Árabes Unidos para para participar da COP 28 e em seguida cumprirá agenda na Alemanha.

Leia mais

Mudança no desconto de 14% nas aposentadorias chegará à Alesc sob pressão

Entenda o que é o marco temporal e o que muda com a decisão do STF

É falso que Lula não tenha sido convidado para evento de líderes promovido por Biden

Destaques do NSC Total