nsc
    santa

    Tragédia

    Mãe e bebê que morreram em acidente em Blumenau estavam a caminho de hospital

    Bianca da Silva sentia fortes dores na cabeça e pretendia buscar ajuda em unidade de saúde de Blumenau

    13/07/2020 - 17h14 - Atualizada em: 13/07/2020 - 17h47

    Compartilhe

    Bianca
    Por Bianca Bertoli
    Bianca estava feliz com a chegada da primeira filha
    Bianca estava feliz com a chegada da primeira filha
    (Foto: )

    Marlon Soares, 27, Bianca da Silva, 18, e a bebê de pouco mais de dois meses estavam a caminho do Hospital Santo Antônio, em Blumenau, quando o motorista teria perdido o controle do veículo e batido contra um poste da Rua Itajaí, na noite deste domingo (12). Bianca e a pequena Lívia Soares morreram. Marlon continua em estado grave no Hospital Santa Isabel.

    O casal vivia com a primeira filha no bairro Gaspar Grande, em Gaspar, no terreno dos pais de Marlon. Filho único, o homem construiu o imóvel para viver com a jovem há cerca de dois anos. A chegada de Lívia teria completado a felicidade dos dois, conta a amiga da família, Alyne Serafim. A dedicação de Bianca era tanta que, apesar das frequentes enxaquecas, ela se recusava a tomar remédios para não prejudicar a amamentação da filha.

    > Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Neste domingo, após passar o dia com os pais de Bianca, no bairro Alto Gasparinho, a piora na dor de cabeça fez ela recorrer ao hospital da cidade vizinha. Os três foram em direção à unidade de saúde, mas o trajeto foi interrompido pelo acidente. O Peugeot 206 da família bateu contra um poste a cerca de 300 metros do Complexo Esportivo do Sesi, no Vorstadt. Não se sabe o que teria causado a saída de pista, mas o motor do carro chegou a ser arremessado na mata com o impacto. 

    Uma vida pela frente

    — Bianca era uma menina tranquila, estava cursando o último ano do Ensino Médio e estava muito feliz com a chegada da Lívia, eles estavam curtindo muito a bebê — lamenta Alyne.

    Bianca, Marlon e Lívia
    Bianca, Marlon e Lívia
    (Foto: )

    Fotos da gravidez e do chá de bebê foram compartilhadas pelo casal nas redes sociais. Foi pela internet que amigos e parentes deixaram as últimas homenagens. As imagens do casal sorridente receberam comentários de luto. A escola Honório Miranda, onde Bianca estudava, manifestou pesar no perfil da instituição no Facebook:

    Blumenau suspende ônibus, missas, cultos e proíbe circulação de idosos para conter coronavírus

    “Parece inacreditável, não há palavras suficientes para amenizar a dor nesse momento tão triste, jamais esqueceremos de você Bianca, toda a sua dedicação e responsabilidade, todo o seu amor, respeito e carinho dispensado a todos”.

    Uma amiga da vítima lembrou dos momentos que as duas passaram juntas. “Hoje me despeço de você com uma dor tremenda e com várias lembranças boas. Te levarei no coração sempre e sei que você foi para um lugar bom.Tão nova, com um caminho brilhante pela frente, com uma filha linda e cheia de saúde”, desabafou.

    Policiais são hostilizados ao tentar encerrar festa com aglomeração em SC

    Antes do nascimento da filha, Bianca ajudava a sogra com trabalhos de costura. Marlon perdeu o emprego em uma estamparia recentemente devido à pandemia do novo coronavírus, mas as dificuldades estavam sendo dribladas com o apoio dos familiares. Bianca deixou pais, uma irmã mais velha e duas sobrinhas.

    Os corpos de Bianca e Lívia foram enterrados na tarde desta segunda-feira (13), em Gaspar.

    Alguns objetos que estavam no carro ficaram às margens da Rua Itajaí
    Alguns objetos que estavam no carro ficaram às margens da Rua Itajaí
    (Foto: )

    Mortes no trânsito

    Essas foram a 13ª e a 14ª morte no trânsito de Blumenau em 2020 e a terceira na Rua Itajaí.ª Em junho, um ciclista de 25 anos veio a óbito após ser atingido por um carro próximo à entrada da Rua Ananias da Silva.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas