nsc
an

cobra

Maior espécie de cobra venenosa do Norte de SC é capturada em Jaraguá do Sul; veja vídeo

Serpente pesa um quilo, de acordo com biólogos que fizeram resgate

25/11/2021 - 10h44 - Atualizada em: 09/12/2021 - 08h03

Compartilhe

Isadora
Por Isadora Nolf
Cobra
Jararacuçu é a maior espécie encontrada no norte catarinense
(Foto: )

Pela segunda vez nesta semana, a Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente (Fujama) precisou fazer a captura de uma cobra encontrada na área urbana de Jaraguá do Sul. Ela é da espécie jararacuçu, a maior do Norte de Santa Catarina. 

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O animal foi encontrado em frente a uma casa no bairro Ribeirão Cavalo no último domingo (21). Os Bombeiros Voluntários foram chamados para fazer a captura e informaram que a serpente mede, aproximadamente, 1 metro e pesa um quilo. A espécie pode chegar a até 1,8 metro e pesar de 3 a 4 quilos. 

De lá, ela foi levada à sede da Fujama, que deve soltá-la na natureza nesta quinta-feira (25). Segundo o biológo da fundação, Christian Raboch, não é comum encontrar jararacuçus em áreas residencias, já que elas preferem regiões com água e alimento por perto. 

Por ser um animal venenoso, Raboch explica que ela deve ser levada a uma área mais afastada da cidade. 

Por que há tantas cobras em Jaraguá do Sul?

Em 2021, a Fujama já realizou a captura de mais de 250 cobras na área urbana da cidade, o equivalente a quase uma cobra por dia. A maioria não é venenosa, e normalmente entram nas casas procurando comida e abrigo. 

Christian conta que o grande número de capturas pode ser causado pelo aumento da informação dos moradores da cidade, que cada vez mais conhecem os serviços da fundação. 

Além disso, Jaraguá do Sul é uma área muito propícia para os animais, por ser localizada em grande parte da Mata Atlântica e possuir muitos rios.

O que fazer ao encontrar uma cobra?

  • Entre em contato com os Bombeiros (193) ou com a Polícia Ambiental da sua cidade (190);
  • Em caso de acidente com serpente, entre em contato com o Samu (192), os Bombeiros (193) ou se dirija ao hospital público mais próximo;
  • Em caso de dúvidas ou orientações sobre procedimentos de primeiros socorros, ligue para o Centro de Informação e Assistência Toxicológica de Santa Catarina (CIATox/SC), pelo telefone: 0800 643 5252.
  • O telefone da Fujama, em Jaraguá do Sul, é (47) 3273-8008, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17 horas.

*Sob supervisão de Lucas Paraizo

Leia mais:

Mulher pega no sono e acorda com cobra sobre o pé em Jaraguá do Sul; veja fotos

Morador encontra cobra de 1,5 metro em quarto de ferramentas em Jaraguá do Sul; veja o resgate

Colunistas