Depois de várias tentativas de promover o evento, a Feira Brasileira da Indústria Têxtil (Febratex) volta aos pavilhões do Parque Vila Germânica em Blumenau na terça-feira (23). A organização do evento projeta crescimento neste ano em relação à última edição — em 2018 —, com uma movimentação econômica de R$ 2 bilhões. 

Continua depois da publicidade

O evento se estende até na sexta-feira (26).

> Acesse para receber as notícias do Santa por WhatsApp

A montagem da estrutura dos estandes começou na última semana e tem ocupado o tempo dos envolvidos no projeto. Hélvio Pompeu, diretor da Febratex, conta que os últimos dias têm sido de correria e diz que a expectativa para esse evento é a “melhor de todas”.

— Acumularam-se quatro anos sem esse evento, então as pessoas estão com saudades, querem ver os lançamentos, querem o contato humano também — comenta.

Continua depois da publicidade

Hélvio conta que na última edição, em 2018, a feira movimentou R$ 1,8 bilhão. A expectativa neste ano é que antes, durante e depois do evento a movimentação financeira chegue na casa de R$ 2 bilhões. A organização ainda espera aumentar em 10% o número de visitantes em relação à última vez em que esteve nos pavilhões da Vila Germânica.

Para Eduardo Luiz Gonçalves, proprietário da Ecco Bolsas de Blumenau, o evento é ideal para conhecer clientes e fornecedores. Depois de participar de algumas edições como visitante, a marca vai produzir neste ano as bolsas ecológicas da feira. É a primeira vez, também, que vai expor.

— A expectativa é bem grande, o mercado está sentindo essa demanda reprimida. Essa edição vai ter bastante novidade, muita gente interessada em fazer negócio — comenta Eduardo.

Henrique Ferreira, proprietário da Galileu Tecnologia em Blumenau, que produz máquinas para a indústria têxtil, conta que a empresa participa da Febratex desde a primeira edição do evento. A expectativa para a edição deste ano é alta, e ele acredita que a feira pode ser a melhor da história.

Continua depois da publicidade

— As pessoas estão ávidas para sair, neste ano é ainda mais especial — opina.

Como os equipamentos que a Galileu produz são de grande porte, a preparação para a Febratex envolve cerca de 40 pessoas e de três a quatro semanas de trabalho. Henrique comenta que a abertura para novos clientes e poder mostrar o equipamento funcionando é uma das vantagens de participar da feira.

Devido à pandemia de Covid-19, a Febratex foi adiada por quatro vezes. Em abril deste ano veio a confirmação oficial de que o evento iria ocorrer em agosto.

Novidades da Febratex 2022

Uma das principais novidades promovidas pela Febratex neste ano é o Febratex Conecta, que abre um espaço para que organizações de outros países apresentem soluções para a indústria têxtil e de moda brasileira. Neste espaço a feira vai receber uma exposição de produtos desenvolvidos de forma sustentável chamada Green Circle, promovida pelo Centro Tecnológico de Portugal (Citeve). Essa é a primeira vez que o Centro participa de algum evento nas Américas.

Os expositores também trazem uma série de novidades para o evento que marca a retomada da feira. Os visitantes vão poder conhecer o passo a passo da produção de uma fábrica têxtil usando um óculos de realidade aumentada da Huvispan Têxtil.

Continua depois da publicidade

A Jorik vai expor na feira as etiquetas termocolantes com alto relevo que ajudam daltônicos e deficientes visuais a terem mais autonomia ao comprar roupas. Na parte de maquinário, a Delta Máquinas vai expor um equipamento inovador na América Latina que pode chegar a 50 metros de comprimento e automatiza uma série de processos da indústria da moda.

​​As inscrições para acompanhar a Febratex eram totalmente gratuitas e on-line até a quinta-feira (18). Desde então é cobrado o valor de R$ 50 por pessoa, na bilheteria do evento. Para ter acesso à feira, é necessário levar a inscrição física, em formato A4.

É proibida a entrada de menores de 14 anos.

Como se inscrever

​​As inscrições eram totalmente gratuitas e on-line até a quinta-feira (18). Desde então é cobrado o valor de R$50 por pessoa, na bilheteria do evento. Para ter acesso à feira, é necessário levar a inscrição física, em formato A4.

É proibida a entrada de menores de 14 anos.

Serviço

  • O que: Feira Brasileira da Indústria Têxtil (Febratex)
  • Quando: De 23 a 26 de agosto
  • Onde: Nos quatro setores do Parque Vila Germânica, em espaços anexos aos pavilhões e no Ginásio do Galegão
  • Quanto: Inscrição no local por R$ 50.

Continua depois da publicidade

* Sob supervisão de Augusto Ittner

Leia também

Oktoberfest do Rio de Janeiro vai misturar Raça Negra e Belo com tradição alemã

Balneário Camboriú separa a maior quantidade de lixo reciclável da história da cidade

Lucro da Senior Sistemas cresce 21% no segundo trimestre e vai a R$ 35 milhões

Gaspar vai promover Festival da Cerveja em setembro

Destaques do NSC Total