Uma das maiores organizações criminosas de Santa Catarina é alvo de uma megaoperação do Gaeco na manhã desta terça-feira (22). Ao menos 79 mandados de prisão são cumpridos em 20 cidades catarinenses e duas gaúchas. Entre os crimes, está de organização criminosa, tráfico de drogas e homicídios.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Batizada de Operação Sodalitas Finis, a ação é investigada por meio de um procedimento investigatório criminal instaurado pela 2ª Promotoria da Comarca de Xaxim. O grupo criminoso é suspeito de envolvimento de crimes como roubos, homicídios, tráfico de drogas e armas e incêndios, principalmente no município localizado no Oeste catarinense. O inquérito, no entanto, tramita em sigilo.

Por que um DJ famoso de Blumenau nos anos 2000 foi parar na cadeia

Nesta terça-feira, são cumpridos 74 mandados de prisão preventiva, cinco de prisão temporária e 97 de busca e apreensão. As cidades onde ocorre a operação são: Xaxim, Chapecó, Xanxerê, Águas de Chapecó, Campos Novos, Catanduvas, Coronel Freitas, Formosa do Sul, Joaçaba, Caçador, Barra Velha, Biguaçu, Blumenau, Itajaí, Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Lages, Ponte Alta, Penha, Tubarão, Venancio Aires/RS e Lajeado/RS.

Continua depois da publicidade

O nome “Sodalita Finis”, segundo o MP, significa fim do grupo e foi escolhido em alusão ao objetivo da ação que é desarticular as atividades da organização criminosa.

Atuam na operação as Polícias Civil, Militar, Penal, Rodoviária Federal, Batalhão de Aviação da Polícia Militar (BAPM) de Lages e Serviço Aeropolicial de Fronteira – SAERFron de Chapecó, Polícia Científica e a Guarda Municipal de Chapecó.

O Gaeco é uma força-tarefa composta pelo Ministério Público, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Penal, Receita Estadual e Corpo de Bombeiros Militar, e tem como foco identificar, prevenir e reprimir organizações criminosas.

Confira fotos da operação:

Continua depois da publicidade

Leia também:

O que se sabe sobre o caso do padrasto assassinado pela própria enteada em Indaial

Destaques do NSC Total