nsc
    an

    Infraestrutura

    Metais usados na Hercílio Luz, em Florianópolis, serão instalados em pontes do Norte de SC

    Utilização pode aumentar durabilidade das estruturas em até 50 anos

    24/08/2020 - 16h40 - Atualizada em: 24/08/2020 - 16h55

    Compartilhe

    Patrícia
    Por Patrícia Della Justina
    Fechada desde 1991, a mais antiga ligação entre a Ilha de Santa Catarina e o continente foi reaberta em dezembro de 2019
    Fechada desde 1991, a mais antiga ligação entre a Ilha de Santa Catarina e o continente foi reaberta em dezembro de 2019
    (Foto: )

    As estruturas metálicas utilizadas na sustentação da ponte Hercílio Luz durante o período de obras, em Florianópolis, serão instaladas em diversas pontes de cidades catarinenses. No Norte do estado, os municípios de Itapoá, Garuva, Jaraguá do Sul, Schroeder, Barra Velha e Corupá fizeram as solicitações. Segundo a Defesa Civil, os materiais foram retirados após a reinauguração da estrutura na capital catarinense e colocados em um canteiro de obras. Depois disso, foram cortados e adaptados para serem destinados a outros municípios que fizeram requerimento. 

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

    Cerca de 300 pontes podem ser beneficiadas com os kits metálicos que funcionam de forma preventiva. Atualmente, as pontes passam por manutenção preventiva a cada dois anos. Com as novas estruturas, a durabilidade das pontes pode chegar a 50 anos. Ainda de acordo com a Defesa Civil, cerca de 180 municípios de SC já fizeram solicitações. 

    > Ponte Hercílio Luz é reaberta após quase 30 anos interditada

    Os coordenadores regionais da Defesa Civil da região Norte e Nordeste afirmam que até o fim de 2020 os municípios de Garuva, Corupá e Schroeder devem concluir as instalações. Ao todo, 23 pontes serão revitalizadas: 12 em Corupá, cinco em Garuva, duas em Itapoá e Schroeder e uma em Barra Velha e Jaraguá do Sul. 

    > Prefeitura de Joinville tem provável data para a volta dos ônibus

    - Schroeder e Corupá já assinaram o termo de compromisso, que é a parte jurídica da Defesa Civil responsável por autorizar as obras. Após isso, o município tem até 90 dias para que as obras de revitalização iniciem e, assim, recebam os kits metálicos para instalação - explica o coordenador regional da Defesa Civil, Osvaldo Gonçalves. 

    As demais regiões devem aguardar o pleito eleitoral para dar continuidade às documentações e instalações e, por isso, não há prazos de início e conclusão até o momento.   

    > Contorno ferroviário de Joinville deve ficar fora do orçamento da união mais uma vez   

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas