nsc
an

Dupla Premiação

Moradora de São Francisco do Sul ganha duas vezes na Trimania

Para Adriana da Silva, um raio pode, sim, cair duas vezes no mesmo lugar. Conheça a história dessa mulher de sorte, contada em Minha Vida Premiada

18/10/2021 - 05h00 - Atualizada em: 02/12/2021 - 16h15

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Adriana da Silva
Adriana da Silva foi duplamente premiada na Trimania
(Foto: )

A história de Adriana da Silva, moradora de São Francisco do Sul, parece ser obra do destino. Em março de 2020, enquanto ela trabalhava, um acontecimento corriqueiro foi como um sinal de que sua vida iria mudar para sempre.

— Eu trabalhava em uma padaria e, um dia, meu bilhete da Trimania, que estava guardado em um lugar alto, voou e caiu dentro da cesta de pães que eu estava carregando. Olhei para minha colega e disse “amanhã eu vou ganhar na Trimania” — conta Adriana.

No mesmo dia, embora acostumada às batalhas do dia a dia, Adriana havia chorado, cansada, após a bicicleta, que usava como meio de transporte, estragar no trajeto entre a padaria e sua casa, na hora do almoço.

— Eu tinha vindo almoçar em casa e minha bicicleta estragou. A padaria era longe, e eu vim chorando enquanto carregava a bicicleta. Eu chorava e pedia a Deus para sair daquela situação.

Parece que o pedido de Adriana foi ouvido e ela ganhou na Trimania não somente uma, mas duas vezes no mesmo ano. Em março foram cem mil reais no sorteio, e em dezembro mais três mil, no Giro da Sorte.

— No outro dia, enquanto eu conferia o sorteio, cheguei a ficar sem ar, gritando de euforia por ter ganhado cem mil reais.

Com o dinheiro do prêmio, Adriana construiu uma casa para viver com os filhos.

— Esse foi o maior presente da minha vida. Ainda hoje eu olho para esta casa e penso: “Caraca! Eu tenho uma casa para morar com as crianças!” E com o prêmio do Giro da Sorte eu coloquei as janelas na minha casa — mostra, orgulhosa, a casa que construiu.

Mesmo tendo sido premiada duas vezes, Adriana segue comprando bilhetes da Trimania, semanalmente. É um compromisso que mantém porque sabe da importância das doações para a Instituição Bethesda.

— Ajudar o Hospital é importante tanto pelo trabalho que realizam lá quanto porque eu e meus familiares podemos precisar um dia. Por isso, toda semana eu compro um bilhete. É sagrado! Já deixo o dinheiro separado.

Conheça a história de pessoas que, assim como Adriana, tiveram a vida mudada. Assista aos episódios de Minha Vida Premiada, todas as terças, no intervalo da novela das 9 ou no Facebook da instituição.

Trimania transforma a vida de quem precisa de cuidados médicos no norte de Santa Catariana

Pouca gente sabe que, por ser um título de capitalização, além dos prêmios sorteados, os compradores têm direito ao resgate do valor investido após um ano. Na Trimania, o direito de resgate é automaticamente cedido à Instituição Bethesda, de Joinville. Parte do valor é doado à Instituição, contribuindo com serviços médicos e de acompanhamento de cidadãos da região norte e nordeste do estado.

A Instituição Bestheda destina a verba recebida da Trimania à realização de obras estruturais (ampliações e reformas, por exemplo) do hospital mantido pela Instituição, e à compra de equipamentos, de medicamentos, e de insumos. Além disso, o valor é investido na contratação e no pagamento de funcionários para as três áreas de atuação da Instituição Bethesda: Hospital, Residencial de Idosos e Centro de Educação Infantil.

O Hospital Bethesda conta com infraestrutura ampla e moderna e tem equipes de profissionais da saúde especializados em diversas áreas, formando um centro de referência na região que atende a uma população de mais de um milhão de pessoas, de cerca de 20 municípios do norte e nordeste de SC.

Quer saber mais? Acesse o site da Instituição Bethesda e da Trimania.

Leia mais

Para você, o que é ter uma vida premiada? Conheça histórias de sonhos realizados pela Trimania

Mecânico de Joinville compra casa dos sonhos com a premiação da Trimania

Moradora de Joinville realiza o sonho de viajar de moto após ganhar prêmio da Trimania

Colunistas