nsc

Serviço

Moradores do Norte da Ilha reclamam da coleta de lixo em Florianópolis

Serviço é prestado por uma empresa contratada pela prefeitura

14/09/2021 - 09h13 - Atualizada em: 14/09/2021 - 10h01

Compartilhe

Juliana
Por Juliana Gomes
Lixo na Cachoeira do Bom Jesus
Lixo na Cachoeira do Bom Jesus
(Foto: )

Nas calçadas dos bairros do Norte da Ilha, os sacos de lixo se acumulam a espera da coleta. Nos bairro dos Ingleses, Canasvieiras, Rio Vermelho e Cachoeira do Bom Jesus, há dias, o caminhão não passa para fazer o recolhimento, segundo moradores. A prefeitura informou que empresa privada que faz o serviço está em fase de adaptação. 

- Até agora (às 8h desta terça-feira, 14) não apareceram. E não é só na minha rua, que é a Nascente do Rio Vermelho. Deveriam vir às terças, quintas e sábados. Tenho uma amiga que mora na Cipriano Nunes e também não passaram lá. E a rua dela é lajotada. A minha é sem saída, mas não justifica pois pago taxa de lixo - afirmou Beth Weinsberger.

> Receba notícias de Florianópolis e região no seu WhatsApp

Em entrevista ao Notícia na Manhã desta terça-feira, o secretário municipal de meio ambiente Fábio Braga, explicou que no primeiro domingo de setembro quando começou a atuação da empresa terceirizada no Norte da Ilha, o portão de transbordo do Itacorubi foi fechado pelo Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal (Sintrasem).

- Isso permaneceu até terça, sem os caminhões poderem fazer a coleta do lixo normal. Na quinta-feira, pudemos retomar a coleta. Aí o acúmulo de lixo, mas acredito que nos próximos dias vamos conseguir colocar em dia com a empresa terceirizada que estamos fiscalizando - explicou Braga.

Marco Couto é morador do bairro dos Ingleses e diz que desde sexta-feira (10), não há coleta de lixo na sua região.

- Só recolhem nas rodovias principais, somente nas rodovias onde passa o trânsito mais pesado teve coleta. As ruas secundárias onde mora a maioria das pessoas não teve coleta - relatou Marco Couto.

No Rio Vermelho, Juliano Bresolin enfrenta mesma dificuldade.

- Passou o (caminhão para coleta de resíduo) reciclado da Comcap ontem e o outro lixo normal está desde a semana passada que não recolhem, isso que eu moro numa parte central do bairro - contou Juliano.

Empresa privada

Rosane Campos mora no bairro Cachoeira do Bom Jesus diz que na Avenida Leonel Pereira e transversais o lixo se espalha pelas ruas pois a última coleta foi em 6 de setembro.

Jeanine vive no mesmo bairro e relatou à CBN Diário que há quatro dias não há recolhimento de lixo.

- Quando a Comcap coletava no meu bairro não era esta bagunça. Os garis eram gentis e prestava ótimo serviço - recordou.

O Sintrasem se manifestou por meio de nota:

“(...) Mesmo com decisão judicial determinando o fim da terceirização da coleta, Gean Loureiro expandiu a atuação da empresa para o Norte.Agora que a população reclama do péssimo serviço, a Prefeitura prefere atacar o sindicato e os trabalhadores ao invés de cumprir a decisão judicial e restabelecer a Comcap como responsável pela coleta no Norte e no Continente – trabalho que a Comcap sempre fez com excelência”, diz a nota.

Ouça a entrevista com Fábio Braga:

Leia mais:

Caminhão cai de viaduto, pega fogo e motorista escapa ileso em Palhoça

Cantor da Garotos de Ouro morre em acidente com ônibus da banda na Grande Florianópolis

Acidente com micro-ônibus de time de vôlei mata três pessoas em Lages

Assalto em SC acaba com perseguição em alta velocidade, troca de tiros com a PM e um morto

Colunistas