nsc
santa

Inquérito aberto

Morte de mãe de trigêmeos é investigada pela polícia, em Itajaí

Mulher faleceu na UTI de hospital quase dois dias depois de dar à luz trigêmeos

29/01/2021 - 15h04 - Atualizada em: 01/02/2021 - 16h37

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Camila da Conceição tinha 32 anos
Camila da Conceição tinha 32 anos
(Foto: )

A Polícia Civil de Itajaí vai investigar a morte de Camila da Conceição, 32, que deu à luz trigêmeos nesta semana. A apuração seguirá sob sigilo. O inquérito foi aberto no mesmo dia do falecimento, esta quinta-feira (28). Camila tinha outras quatro filhas, entre elas gêmeas de três anos.

> Receba todas as notícias do Santa no seu WhatsApp. Clique aqui.

A informação da abertura do inquérito foi confirmada na tarde desta sexta-feira (29) ao portal G1 pelo delegado regional Márcio Luiz Colatto. Camila estava na UTI do Hospital Marieta Konder Bornhausen após sofrer hemorragias depois da cesárea.

O parto ocorreu na terça-feira (26) e logo após o nascimento a assessoria da unidade informou que os quatro estavam estáveis. No dia seguinte, uma nova nota explicou que o quadro da mulher piorou e foi necessária uma cirurgia. Naquele momento Camila já estava em estado grave, na UTI. A morte aconteceu na manhã desta quinta (28).

> "Vai dar tudo certo", diz pai de trigêmeos de Itajaí sobre criação dos filhos após morte da esposa

> Mãe dos trigêmeos precisou ser internada na UTI um dia após o parto

O marido, José Cardoso, contou que Camila estava se sentindo bem, chegou a se alimentar depois da cesárea, mas começou a passar mal poucas horas depois.

— Ela dizia que estava se sentindo fraca, porque perdia muito sangue, e então os médicos a levaram para a UTI. Eu não pude ir junto, e daí em diante não consegui acompanhar mais nada — disse.

A família não soube explicar detalhadamente o que teria acontecido com a paciente. O hospital não informou a causa da morte e até o fechamento deste texto assegurou que o setor jurídico não tinha conhecimento da abertura do inquérito.

Colunistas