nsc
santa

Susto

Mulher é atacada por abelhas e vai parar no hospital no Vale do Itajaí

Vítima de 49 anos recebeu ajuda de um vizinho que chamou o Corpo de Bombeiros

04/01/2022 - 07h14

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Paciente foi levada ao hospital com dificuldades para respirar
Paciente foi levada ao hospital com dificuldades para respirar
(Foto: )

Uma mulher foi atacada por um enxame de abelhas na manhã desta terça-feira (4) em Guabiruba, no Médio Vale do Itajaí. Ela conseguiu pedir ajuda ao vizinho, que chamou o Corpo de Bombeiros. A vítima de 49 anos precisou ser levada ao hospital para atendimento médico.

> Receba notícias do Vale do Itajaí pelo WhatsApp

Segundo os socorristas, a mulher roçava uma plantação de palmito por volta das 6h10min quando bateu acidentalmente no enxame e acabou sendo atacada. O caso aconteceu na Rua Lorena, no bairro São Pedro.

A vítima estava consciente quando o resgate chegou, mas apresentava um quadro de vermelhidão e coceira pelo corpo. Ela também estava com dificuldades respiratórias e precisou receber oxigênio. 

Os bombeiros a levaram para o Hospital Azambuja, em Brusque.

> Como se proteger de um ataque de abelhas

Perigo

Em 2021, ao menos três pessoas morreram em SC em decorrência de ataques de abelhas. O caso mais recente ocorreu em outubro, na cidade de Curitibanos. O homem de 84 anos cultivava as abelhas em 23 caixas do terreno de um conhecido e não usava proteção adequada para prevenir as picadas no momento do ataque.

Já em novembro, um cão morreu após ser atacado por um enxame na cidade de Navegantes. Uma retroescavadeira fazia a limpeza de um terreno quando bateu em um poste que estava no chão, o que provocou as abelhas. O cão estava na casa ao lado do terreno baldio, foi atacado por várias delas e não resistiu

Leia mais

> Menino de um ano morre após se engasgar com o próprio vômito em Pomerode

> SC confirma primeira morte por H3N2; vítima tinha 12 anos

> Banhistas encontram homem morto em ribeirão no Vale do Itajaí

> Baba Vanga que previu 11 de setembro fala sobre nova pandemia em 2022

Colunistas