nsc
santa

Incofios apresenta

Município do Vale do Itajaí se destaca pela produção no mercado têxtil

Empresas do setor se destacam em Indaial, como a Incofios, que está em expansão mesmo diante dos desafios do último ano

26/03/2021 - 15h17 - Atualizada em: 26/03/2021 - 15h33

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Incofios
Produção da Incofios em Indaial
(Foto: )

Município de médio porte localizado no Médio Vale do Itajaí, Indaial completou 87 anos no último domingo (21). A cidade de porte médio que faz fronteira com Blumenau – de quem se separou na data em 1934 – vem adquirindo participação mais significativa na indústria. O setor industrial é responsável por cerca de metade dos empregos da cidade, com destaque para o segmento têxtil e de confecções. A confecção de artigos de vestuário fica em segundo lugar no número de empresas, entre as dez atividades econômicas de maior representatividade econômica do município, segundo último estudo da prefeitura.

Os desafios da indústria de SC na retomada do crescimento

A tradição do setor têxtil no Vale do Itajaí tem como origem as primeiras manufaturas de colonos alemães, que evoluíram de pequenas produções para grandes empresas têxteis. O município possui uma das maiores receitas da região e apresenta crescimento expressivo da população.

Mesmo com a crise causada pela pandemia, somente em janeiro, o município teve um saldo positivo de 488 vagas formais de trabalho em janeiro deste ano, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Com as restrições e o isolamento social, as empresas passam por um processo de mudanças nas produções, para se adequarem a esse novo momento e a realidade dos clientes. Com o real desvalorizado, as vendas internas dos produtos têxteis e de confecções são fortalecidas.

Quem aproveita esse momento de oportunidades para o mercado brasileiro é a empresa Incofios, com sede em Indaial, que completa 20 anos de mercado. Com três plantas na área de 40 mil m² construídos, o empreendimento possui uma produção de 1900 toneladas de fios ao mês, distribuídas em 29.760 fusos de fio penteado e compactado, mais 8.328 rotores de Open End.

Incofio
A Incofios comercializa fios 100% algodão
(Foto: )

Fernando Conti, que é gerente comercial da Incofios, destaca que a empresa comercializa os fios 100% algodão para a região Sul e Sudeste, mas também possui clientes na América do Sul. O principal mercado é a indústria têxtil catarinense. A meta é superar a produção de três mil toneladas por mês até o ano que vem. Para isso, a Incofios está no processo de expansão para Campo Verde, no estado do Mato Grosso. A empresa já possui um centro de negócios no local e iniciou a construção de uma planta fabril – a primeira fora de Indaial e de Santa Catarina.

- O Mato Grosso é o maior produtor de algodão do Brasil, então estaremos no berço da matéria-prima. É muito raro comprarmos de outro estado – explica o gerente comercial.

Incofios
Fernando Conti, gerente comercial da Incofios
(Foto: )

Quando a pandemia iniciou no ano passado, a empresa seguiu as determinações de afastamento de pessoas do grupo de risco, mas não demitiu nenhum dos funcionários, apenas aderiu aos programas de redução de jornada e salário que foram possibilitados pelo governo federal. Hoje, conta com 430 colaboradores – alguns deles contratados durante a crise.

- Acabamos contratando mais gente, até porque algumas pessoas precisaram ficar afastadas e nossa produção depende da mão-de-obra. É preciso manter a fábrica sempre rodando e abastecer o mercado. Quem tinha condição de fazer home office trabalhou de casa. Lá no início, buscamos a exportação, mas assim que o mercado interno teve uma retomada, que foi forte, optamos por abastecer o mercado interno para, no momento oportuno voltar ao mercado externo, o que está acontecendo agora.

A Incofios atende diversos tipos e portes de compradores, com grande diversificação de clientes. São cerca de 300 ativos – que variam entre compras de uma tonelada por mês até 80 toneladas no mesmo período.

- Estamos bastante otimistas, pois temos muitas possibilidades de crescimento de negócios. Temos como diferencial hoje a frota e logística própria, nossos funcionários que fazem a entrega, assim conseguimos administrar estoque para o cliente aqui. Se ele tem necessidades semanais, podemos fracionar, até porque meus concorrentes precisam mandar a carga completa. Atendemos desde a confecção, quem trabalha com venda de malhas, linha hospitalar, cama, mesa e banho, parte de EPIs, pano de prato, de louça, toalhas, ao mais diversos segmentos.

Principal desafio é a segurança dos colaboradores

Além da conquista de novos mercados e clientes, Incofios mantém a preocupação com os colaboradores, pois sabe que uma empresa é feita, na prática, de pessoas. Um empreendimento que atua no mercado têxtil é intensivo em mão-de-obra, tão necessária para a expansão da produção. Segundo Conti, entre os principais desafios da empresa hoje está a segurança dos funcionários, diante da pandemia de covid-19. A grande parte deles mora no próprio município de Indaial.

- Que a gente possa ter pessoas com saúde para trabalhar conosco, produzir e entregar. O mercado nos últimos anos teve muito mais fechamentos do que ampliações, por isso houve essa oportunidade de mercado para nós. Só queremos que as pessoas estejam bem – reforça o gerente comercial.

Saiba mais sobre a produção da Incofios

Leia também

Investir em Previdência Privada vale a pena? Veja dicas

Rede hoteleira de Blumenau cresce 30% em cinco anos, mas vive desafio de casar oferta e demanda

Colunistas