nsc
dc

Oportunidade

Nascidos em outubro podem sacar o FGTS a partir desta sexta-feira

Os que aderirem ao benefício neste mês, poderão sacar o dinheiro até dezembro

01/10/2021 - 15h41 - Atualizada em: 01/10/2021 - 15h44

Compartilhe

Gabriela
Por Gabriela Figueiredo
É preciso ficar atento ao limite de retirada que existe no saque-aniversário
É preciso ficar atento ao limite de retirada que existe no saque-aniversário
(Foto: )

Quem nasceu em outubro tem o direito de sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a partir desta sexta-feira (01). O saque-aniversário permite uma retirada anual de parte do saldo das contas ativas e inativas do FGTS.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

A adesão é voluntária e os saques podem ser feitos pelo App FGTS, pelo site do FGTS e pelo internet banking da Caixa – não é preciso ir até uma agência bancária. O trabalhador deve informar a Caixa Econômica Federal o interesse pelo saque até o último dia deste mês (31), para receber ainda este ano. Uma vez aderido ao benefício, o dinheiro pode ser retirado até dezembro.

Nos saques anuais do FGTS há limite de retirada. O valor do saque anual será um percentual do saldo da conta do trabalhador. Isto significa que para contas com até R$ 500, será liberado 50% do saldo, percentual que vai se reduzir quanto maior for o valor em conta. Para as contas com mais de R$ 500, os saques serão acrescidos de uma parcela fixa. Portanto, os cotistas com saldo menor poderão sacar anualmente percentuais maiores.

Os cotistas com saldo menor poderão sacar anualmente percentuais maiores.
Os cotistas com saldo menor poderão sacar anualmente percentuais maiores.
(Foto: )

De acordo com a Caixa Econômica Federal, a opção saque-aniversário do FGTS já teve a adesão de R$ 13,4 milhões de trabalhadores até setembro de 2021, totalizando R$ 16,5 bilhões em resgates.

Com informações do G1 SC.

Leia também

Balneário Camboriú prepara maior Réveillon de SC com fogos de R$ 2,3 milhões

Paulo Guedes vem a Florianópolis para evento de mil dias do governo Bolsonaro

Melhores apps e planilhas para organizar finanças em 2021

Colunistas