nsc
dc

Vai esfriar

Neve em SC: previsão aponta chance de “evento intenso” a partir de quinta-feira

Condições climáticas serão favoráveis à neve em uma grande área de SC, além dos municípios tradicionais da Serra

17/08/2020 - 17h25 - Atualizada em: 18/08/2020 - 07h23

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Neve em Santa Catarina
Previsão indica chance de neve acumulada em SC
(Foto: )

Santa Catarina tem previsão de neve e dias de muito frio a partir de quinta-feira (20). É a primeira vez no ano em que os meteorologistas apontam condições climáticas favoráveis para a neve no Estado, e a expectativa no momento é de um evento intenso que pode ocorrer em várias cidades

> Conheça receitas deliciosas para encarar o frio em Santa Catarina

Conforme a meteorologista da Epagri/Ciram, Laura Rodrigues, a diferença para essa semana é a combinação do frio com a umidade, com o ingresso de uma massa de ar polar no Sul do Brasil. As condições são favoráveis para a ocorrência de neve, e pelas projeções iniciais o fenômeno pode chegar a outras cidades além das tradicionais São Joaquim, Urupema e Urubici, na Serra.

- Para a ocorrência de neve tem que ter uma condição de frio e chuva junto, normalmente essa combinação acaba sendo mais comum nas áreas do Planalto Sul, que é a mais atingida, mas agora esse frio vai se estender para outras regiões. É difícil ter eventos assim que atinjam além da região de São Joaquim. Mas por enquanto tem chance de acumular neve e atingir outras regiões. O que se mostra é um evento intenso, com área abrangente - avalia a meteorologista.

> Entenda a diferença entre neve, sincelo e chuva congelada

A previsão aponta que o frio vai começar a se intensificar em Santa Catarina ao longo da quinta-feira (20), e principalmente na sexta-feira (21) há a chance de neve. Pela abrangência do fenômeno que se aproxima, o cenário atual mostra que as condições vão além da Serra e pode nevar em pontos mais altos do Meio-Oeste e do Planalto Norte catarinense, o que não é nada comum. 

> Neve em Santa Catarina: saiba em quais cidades é possível ver o fenômeno

O indicativo é de que a neve pode ser mais forte e até se acumular, diferentemente dos poucos flocos que costumam cair em outros invernos. No entanto, a previsão não aponta a chance de algo como o que ocorreu em SC em julho de 2013, quando nevou até na Grande Florianópolis e no Vale do Itajaí.

Frio intenso, mas não abaixo de zero

A diferença da condição climática da neve é que o frio previsto para Santa Catarina não será o mais intenso do ano. Temperaturas abaixo de zero como as que já ocorreram em outros momentos do inverno são mais comuns em dias de tempo seco e céu aberto, e assim causam a geada. No caso da neve, o frio tem que ser próximo de zero graus e estar acompanhado da chuva.

> Como tirar a umidade do piso e por que isso acontece

- Com o ar seco não tem nuvem, e a terra resfria muito rápido à noite e a temperatura cai muito. Nesse inverno a gente já teve 8 graus negativos na Serra, mas quando tem neve a temperatura não fica tão baixa porque tem cobertura de nuvens - explica a meteorologista Laura Rodrigues.

Por isso, a previsão aponta mínimas na casa de 3°C para Urupema na quinta-feira (20), por exemplo. Em outras regiões, como no Vale do Itajaí, o Sistema de Monitoramento e Alerta de Eventos Extremos de Bumenau (Alertablu) prevê mínimas entre 8 e 10ºC.

Leia também:

> Vídeo mostra momento em que tornado toca o chão em SC; assista

> Imagens aéreas mostram destruição de tornado em Tangará

> Santa Catarina está na segunda região mais propícia a tornados em todo o mundo, diz pesquisa

Colunistas