nsc
    hora_de_sc

    Coronavírus

    No início da pandemia, Paulo Gustavo já temia contaminação por Covid-19: “Tenho medo de pegar isso e morrer”

    Relato foi feito em maio do ano passado em uma entrevista com Ingrid Guimarães

    15/04/2021 - 06h00 - Atualizada em: 04/05/2021 - 22h46

    Compartilhe

    Por Janaína Laurindo
    Paulo Gustavo
    Paulo Gustavo em entrevista com Ingrid Guimarães
    (Foto: )

    Internado há mais de um mês por complicações da Covid-19, Paulo Gustavo já demonstrava preocupação no início da pandemia com uma possível contaminação. Em entrevista para Ingrid Guimarães, em maio do ano passado, ele já falava do medo de contrair a doença.

    > Atualização: Morre Paulo Gustavo, vítima da Covid-19

    — Tenho problema respiratório. A medicina não sabe ainda como esse vírus reage dentro de cada pessoa — disse Paulo, que tem asma. 

    Pai de Gael e Romeu, na época ainda com menos de um ano, o ator também revelou o medo da morte.

    — Eu tenho medo de pegar isso, a pessoa não saber o que usar em mim e eu morrer. Tenho medo!

    > Médium escreve carta psicografada sobre Paulo Gustavo: mensagem seria de uma ancestral do artista

    Evolução do caso de Paulo Gustavo

    Paulo Gustavo foi internado ainda em 13 de março após apresentar complicações da Covid-19. Em entrevista ao Fantástico, a amiga de Paulo, Susana Garcia, diretora de cinema e também médica, explicou como se deu a evolução do caso do ator.

    “Ele já chegou na emergência com a saturação baixa, com falta de ar, já com parte do pulmão comprometida. Ele ficou dias assim, na luta, tentando fazer com que o pulmão melhorasse essa inflamação. Mas chegou o momento em que os médicos viram que ele não deu essa virada e ele precisou ser intubado”, explicou.

    > Como está o estado de saúde de Paulo Gustavo, internado com Covid-19

    Paulo Gustavo foi intubado no dia 21 de março. Com os pulmões inflamados por conta da Covid, Paulo teve ainda uma infecção por bactéria: no dia 2 de abril, o humorista foi submetido a um novo protocolo, sendo iniciada a terapia por ECMO – Oxigenação por Membrana Extracorpórea.

    O último boletim divulgado sobre seu estado de saúde, no domingo, 11 de abril, informava que seu estado de saúde é crítico.

    Veja também:

    Quem são os artistas e os famosos que morreram de Covid-19

    Carta psicografada, que seria de Cássia Eller, é divulgada nas redes sociais​​

    Crianças mortas em ataque a creche em SC tinham pouco mais de um ano de idade

    Colunistas