nsc
an

Desconhecida da ciência

Nova droga misteriosa é encontrada no Paraná em pacotes vindos da Holanda

Cães da Receita Federal sinalizaram a substância durante fiscalização na central dos Correios

15/09/2021 - 11h09 - Atualizada em: 22/09/2021 - 11h40

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Nova droga desconhecida da ciência encontrada no Paraná
Nova droga desconhecida da ciência encontrada no Paraná
(Foto: )

Uma nova droga ainda desconhecida da ciência foi encontrada no Paraná pela Receita Federal. O produto misterioso estava em pacotes vindos da Holanda que passaram por fiscalização no Centro Internacional dos Correios em Pinhais (PR).

> Receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

De acordo com a Receita, os cinco pacotes chamaram a atenção dos servidores quando passaram pelo scanner. Depois, a suspeita foi confirmada pelos cães de faro que sinalizaram algo de diferente nos volumes. Quando os agentes abriram os pacotes, encontraram cerca de 1,2kg de uma matéria sólida, compactada, de tom amarelo.

A substância misteriosa foi enviada ao Centro de Ciências Forenses do Departamento de Química da Universidade Federal do Paraná (UFPR) para análise. O laudo comprovou a desconfiança, mas trouxe uma novidade:

 “A análise exaustiva dos dados de RMN (Ressonância Magnética Nuclear) obtidos para a amostra e a comparação destes com a literatura, permitiu concluir que se trata de uma substância da classe dos canabinoides sintéticos. Além disso, os dados permitiram concluir que se trata de um novo canabinoide sintético, ainda não descrito na literatura”.

O destino da droga vinda da Holanda seria São Paulo, e não há mais detalhes sobre a origem ou os efeitos da substância. Por se tratar de um produto novo, ele seguirá em análise e investigação pelas autoridades.

Leia também

Fotógrafo de Joinville é vítima da Covid-19 e morre no dia do aniversário

Polícia descobre esconderijo de agrotóxicos e recupera produtos durante operação em Joinville

Variante Mu: tudo o que se sabe sobre a nova cepa da Covid-19

Colunistas