nsc

    Mais cara

    Nova gasolina gera aumento de 10 a 15 centavos a partir de agosto, projeta Sindópolis

    Representante dos comerciantes do setor em Florianópolis projeta subida no preço do combustível

    15/07/2020 - 12h28 - Atualizada em: 15/07/2020 - 23h30

    Compartilhe

    Kadu
    Por Kadu Reis
    Nova gasolina terá aumento em agosto, projetam representantes do comércio do setor
    Nova gasolina terá aumento em agosto, projetam representantes do comércio do setor
    (Foto: )

    A gasolina vendida no Brasil terá mudanças a partir de 3 de agosto, atendendo às novas especificações definidas pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis). Com as mudanças, o produto deve apresentar melhor qualidade. O preço também será impactado, com possível aumento entre 10 a 15 centavos.

    — Não tem como vender um produto de maior qualidade sem impactar no preço. Ainda não temos exatamente um valor que este impacto terá. Estamos prevendo um aumento entre 10 a 15 centavos por litro. Isso é uma projeção, sem os dados efetivos para termos precisão — afirma Joel Fernandes, vice-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis (Sindópolis).

    Ouça a entrevista:

    As novas regras da ANP exigem uma massa específica mínima e maior octanagem da gasolina, que é medida em RON (sigla em inglês para a contagem de octanas). Na primeira fase das mudanças, que entram em vigor em 3 de agosto, o valor mínimo de RON será 92. Em janeiro de 2022, o número é elevado para 93, mais próximo dos 95 vigentes na maior parte da Europa. Para a gasolina premium, o valor mínimo será de 97 já em agosto deste ano.

    > Posto de Palhoça é o primeiro de SC fechado por vender gasolina adulterada 

    — A gasolina que recebemos não é de qualidade muito boa. Anualmente os postos precisam limpar os tanques, por conta dos resíduos. O consumidor dificilmente vai mandar limpar o tanque do carro, o resíduo fica acumulado. Vai haver um rendimento maior por litro de gasolina. Os bicos injetores terão durabilidade maior. O consumidor deve deixar de ter curtos com essa manutenção — projeta Fernandes.

    Segundo a Petrobras, a melhora na qualidade da nova gasolina vai permitir redução de 4% a 6% no consumo por quilômetro percorrido. A estatal afirma que a nova especificação da gasolina melhora o desempenho do motor, a dirigibilidade e o tempo de resposta na partida a frio, além de manter aquecimento adequado.

    Tubarão e 14 cidades da região vão adotar quarentena contra o coronavírus

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Economia

    Colunistas