nsc
dc

Saúde

Novo mapa de risco aponta quatro regiões em nível gravíssimo para Covid em SC

Nova matriz divulgada neste sábado é a primeira a considerar também o avanço da vacinação do Estado

31/07/2021 - 17h11

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
SC tem quatro regiões em nível gravíssimo e uma em condição alta de risco para Covid
SC tem quatro regiões em nível gravíssimo e uma em condição alta de risco para Covid
(Foto: )

O novo mapa de risco potencial para Covid-19 em Santa Catarina elevou de três para quatro o número de regiões que estão no nível considerado gravíssimo para a transmissão da doença, identificado pela cor vermelha. Além do Médio Vale do Itajaí, Foz do Itajaí e Nordeste de SC, que já apreciam nessa condição no boletim da última semana, somou-se a esse grupo o Alto Vale do Rio do Peixe. Há 15 dias, o Estado tinha sete áreas nessa situação.

10 mil alunos 'somem' e SC busca soluções para evitar o abandono escolar

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O Meio-Oeste repetiu os índices do mapa da última semana e novamente foi a única região classificada como nível de risco alto, caracterizado pela cor amarela no novo mapa de risco, divulgado neste sábado (31) pelo governo do Estado. As outras 11 regiões continuaram na faixa grave, de cor laranja, a mesma que ocupavam na última semana.

O mapa divulgado neste sábado é o primeiro após a mudança nos critérios para análise da matriz de risco das regiões de SC. A alteração foi anunciada na quarta-feira pelo governador Carlos Moisés e pelo secretário de Saúde de SC, André Motta Ribeiro.

A partir do mapa deste sábado, o avanço da vacinação contra Covid em cada região também passa a ser levado em consideração para definir o nível de risco em cada localidade. Além desse item, seguem sendo considerados ainda o nível de transmissão da doença, o total de casos e a quantidade de pessoas internadas em leitos de enfermaria e UTI nos hospitais.

Transmissão máxima nas quatro regiões gravíssimas

Segundo o governo do Estado, as quatro regiões classificadas como nível gravíssimo apresentaram nota máxima de risco em transmissibilidade, que avalia a taxa RT e os casos infectantes. Por outro lado, cinco regiões mostram risco moderado na capacidade de atenção, que mede a taxa de ocupação de leitos de UTIs reservadas para Covid-19. As regiões que tiveram essa variação foram: Alto Uruguai, Alto Vale do Itajaí, Extremo Sul, Grande Florianópolis e Meio Oeste.

Confira o novo mapa de risco potencial para Covid-19 em SC

Novo mapa de risco mostra quatro regiões em nível gravíssimo e uma em condição alta de transmissão para Covid
Novo mapa de risco mostra quatro regiões em nível gravíssimo e uma em condição alta de transmissão para Covid
(Foto: )

Leia também

Parcela da população de SC vacinada contra Covid já supera a de infectados

Bares, máscaras e reações: veja 15 perguntas e respostas sobre a vacina contra Covid-19

Florianópolis 'estaciona' vacinação contra Covid por faixa etária: "poucas doses"

Colunistas