nsc
dc

Atenção

Número de crianças perdidas mais do que dobra nas praias de SC

O aumento foi de 155% em relação ao mesmo período do verão anterior

04/01/2022 - 17h16

Compartilhe

Gabriela
Por Gabriela Ferrarez
Os bombeiros alertaram para o número e chamaram atenção para um serviço que pode evitar o susto
Os bombeiros alertaram para o número e chamaram atenção para um serviço que pode evitar o susto
(Foto: )

O número de crianças perdidas nas praias de Santa Catarina entre o Natal e a virada para 2022 mais do que dobrou em relação à temporada anterior. As informações são de um levantamento feito pelo Corpo dos Bombeiros a partir da Operação Veraneio, que aconteceu entre 18 de dezembro até este domingo (2).  

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Entre um verão e outro, o número de crianças que se perdeu saltou de 250 para 639. Isso representa 39 crianças perdidas por dia no Estado, um aumento de 155%. Os bombeiros alertaram para o número e chamaram atenção para um serviço que pode evitar o susto.

— O Corpo de Bombeiros possui pulseirinhas distribuídas gratuitamente nos postos de guarda-vidas, para identificação de crianças e demais pessoas que necessitem — disse a organização.

Segundo informações do g1 SC, apenas em Balneário Camboriú, uma média de 20 crianças se perdem por dia na praia.

De acordo com os bombeiros, o número de afogamentos também aumentou em comparação à temporada anterior (2020/2021), mas diminuiu em relação ao verão antes da pandemia do Coronavírus (2019/2020). Neste ano, foram 14 afogamentos, sendo 5 em água salgada e 9 em água doce. Nos outros anos, o número de ocorrências desse tipo foi de 20, entre 2019 e 2020, e 12 entre 2020 e 2021. 

> Vacina contra Covid para crianças será distribuída na segunda quinzena de janeiro

Segundo os bombeiros, a maioria das vítimas de afogamento são homens, com a média de idade de 27 anos. Ainda segundo o levantamento, um dado chamou a atenção da organização: quatro dos afogamentos aconteceram em atividades de natação de longa distância, como travessias.

Leia também

Criança é resgatada após cair em fossa de mais de 2 metros de altura em Chapecó

Surto de gripe e Covid faz hospital de Florianópolis bater número histórico de pacientes

Quem são os 4 jovens de SC na lista das 30 maiores promessas do Brasil segundo a Forbes

Colunistas