nsc
dc

Operação Veraneio

Número de mortes por afogamento cai 40% no início da temporada de verão em SC

Balanço divulgado pelo Corpo de Bombeiros mostra 12 óbitos em 17 dias, oito a menos do que no mesmo período há um ano

06/01/2021 - 05h00

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Primeiras semanas da Operação Veraneio registraram queda no número de mortes por afogamento
Primeiras semanas da Operação Veraneio registraram queda no número de mortes por afogamento
(Foto: )

O número de mortes por afogamento caiu 40% nos primeiros 17 dias da alta temporada de verão em Santa Catarina na comparação com o mesmo período há um ano. Segundo relatório divulgado nesta terça-feira (5) pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBM-SC), o Estado teve 12 pessoas mortas após afogamentos em praias, rios e lagos. Na virada de 2019 para 2020, foram 20 óbitos.

> SC registra o menor número de homicídios dos últimos 12 anos

As vítimas de afogamentos nesta temporada foram 11 homens e uma mulher. A média de idade dessas pessoas é de 25 anos. Oito casos ocorreram em locais de água doce, como rios, lagos e riachos, e quatro na água salgada das praias.

Os dados levam em conta o período de 17 dias entre 18 de dezembro de 2020, quando iniciou a alta temporada da Operação Veraneio, e o último domingo, 3 de janeiro de 2021. Segundo o relatório, todas as mortes ocorreram em locais ou horários sem monitoramento dos bombeiros.

Em contrapartida ao número menor de mortes, o balanço mostra que o número de ações de prevenção também aumentou em relação à última temporada: foram 1,8 milhão de orientações preventivas feitas pelos guarda-vidas, entre uma alta de 5,89% em relação ao mesmo período do ano passado.

> Ticen pode ser centro de vacinação da Covid-19 na Grande Florianópolis

O terceiro relatório desta temporada da Operação Veraneio do Corpo de Bombeiros também mostra 879 ações de salvamento e resgates feitos pelos guarda-vidas, 42 ocorrências atendidas pelo helicóptero Arcanjo e 886 lesões causadas por águas-vivas.

Os postos de guarda-vidas funcionam das 7h30min às 19h30min. A recomendação é para que as pessoas se banhem em horário e local com monitoramento.

> Jovem morre afogado durante o Réveillon ao cair de costão na praia da Joaquina

Colunistas