nsc
hora_de_sc

Conheça SC

O que fazer no inverno em Santa Catarina

Veja quais são os melhores lugares para visitar no inverno catarinense

01/06/2021 - 08h34 - Atualizada em: 07/06/2021 - 08h47

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
No alto Serra do Rio do Rastro, o maior prazer é tirar fotos
No alto Serra do Rio do Rastro, o maior prazer é tirar fotos
(Foto: )

No calendário oficial do Brasil, o inverno só chega em 21 de junho. No entanto, as temperaturas estão caindo e trazendo frio já neste outono, em Santa Catarina. Cada região do Estado tem suas peculiaridades e pontos turísticos que são um convite irresistível pra quem gosta de curtir o frio. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Há até períodos mais propensos pra ver a neve e se divertir fazendo bonecos e tirando fotos dignas de cartão postal para as redes sociais. Junte os agasalhos mais quentes, não se esqueça das luvas, gorros, cachecóis, máscaras e álcool em gel. 

Mapas na mão e boa viagem! Siga nossas dicas sobre o que fazer no inverno em Santa Catarina, passeios, hospedagens, entretenimentos e pontos imperdíveis. Esse inverno promete render #TBTs muito lindos! 

Onde ir no inverno de Santa Catarina

Os melhores lugares para visitar no inverno de Santa Catarina
Os melhores lugares para visitar no inverno de Santa Catarina
(Foto: )

Na Serra, as chances de ver a neve são maiores

Devido às altas altitudes em relação ao nível do mar, quem quer ver a neve e as paisagens todas branquinhas deve percorer as cidades mais ao Sul do Estado. É onde o frio é mais intenso, podendo chegar às temperaturas negativas. 

As cinco cidades mais frias do Estado são Urupema, São Joaquim, Urubici, Lages e Bom Jardim da Serra. Em São Joaquim, por exemplo, é bastante comum que nos galhos das árvores, o gotejamento congele num espetáculo da natureza de tirar o fôlego. 

Apenas um dos efeitos do termômetro que em agosto de 1991 bateu seu recorde, chegando a 10ºC negativos.

> Relembre outros momentos de neve em Santa Catarina com fotos

No centro da ciade, ficam a Praça João Ribeiro e sua Igreja Matriz. A fonte de água que costuma congelar nos dias mais friorentos e o relógio que registra a temperatura rendem as cenas que, geralmente, são vistas nas reportagens de TV. Os turistas adoram registrar ali as marcas negativas.

As geadas são no final do outono e no inverno. Na região conhecida como Vale dos Caminhos da Neve, o turista pode aprveitar o enoturismo. Há várias vinícolas nas quais a degustação dos melhores vinhos, acompanhados por generosas porções de queijos e salames, é um capítulo à parte. 

Em Urubici, os principais pontos turísticos são o Morro da Igreja e a Pedra Furada, uma formação natural de rochas com 30 metros de circunferência. Ambos ficam no acesso ao Parque Nacional de São Joaquim. Nestes dois locais, a neve ocorre com maior frequência. 

Vale lembrar que a parte mais alta da Serra do Corvo Branco está justamente em Urubici. Dali se avistam belas paisagens, principalmente nas primeiras horas da manhãs.

Urupema é a cidade catarinense de maior altitude: 1.425 metros acima do nível do mar. A dica aqui é visitar o Morro das Antenas pra poder ver os sincelos, que são os pedaços de gelo em formato de gotas que ficam suspensos nas árvores e cantos dos telhados.

> Boneco de neve na Serra de SC ganha apelido em homenagem a Leandro Puchalski

A famosa Serra do Rio do Rastro e suas desafiadoras curvas valem a pena quando os turistas chegam em Bom Jardim da Serra, onde fica o Mirante que leva o mesmo nome. Esta é a primeira cidade no topo da serra pra quem vem de Lauro Muller, pasando por nada mais, nada menos que 284 curvas. 

Este é o local onde os mais aventureiros dormem no interior de seus próprios carros pra não perder nenhum detalhe das belezas naturais que chegam com os primeiros raios de sol. Há um estacionamento amplo e alguns cafés e lojinhas de artesanato típico da região.

A 226 quilômetros da Capital de Santa Catarina, Florianópolis, pela BR-282, fica Lages. Conhecida pela sua tradicional Festa do Pinhão, a cidade tem no turismo rural um de seus destaques. 

> ​Frio em Santa Catarina: saiba quais são as cidades mais geladas​

Nos dias mais frios, o pinhão está na maioria das receitas culinárias, de sopas a doces. Uma das vistas mais bonitas pode ser observada a partir das estruturas localizadas nos pontos mais altos do município.

Planalto Norte de SC encanta com as paisagens congeladas
Planalto Norte de SC encanta com as paisagens congeladas
(Foto: )

Planalto Norte: opções para todos os gostos

A região é grande e tem várias cidades interessantes pra se visitar, principalmente quando o frio aperta. Subindo a serra pela Estrada Dona Francisca, a partir de Joinville, a primeira parada obrigatória é Campo Alegre. 

Imagine uma cidade retratada num desenho animado dos mais fofinhos. Assim é o centro do município que realiza anualmente a Festa da Ovelha e cujo o recorde de temperatura negativa, de 9,5ºC, foi registrado em julho de 1923.    

A cidade oferece trilhas, cachoeiras, cascatas e diversas propriedades de criação de ovelhas. No centro, além de um calçadão pacato mas muito arrumadinho, a Cascata Paraíso é o principal passeio. Basta percorrer uma trilha bem rápida que já dá pra admirar a cachoeira: um visual abençoado. 

> Quando vai nevar em Santa Catarina? Confira

Para os corajosos, praticantes de esportes radicais, há boas condições pra escalada e rapel. Os mais calmos podem sentar numa pedra e contemplar a água límpida percorrendo os arredores. Quem adora fazer compras, há uma loja enorme de presentes e objetos de decoração bem no centro. Difícil sair de lá sem ao menos uma sacola. 

Bem mais estruturada e maior, São Bento do Sul tem alternativas pra todos os gostos. De esportes radicais como rapel, trekking e canyoning passando por trilhas pra cicloturismo e caminhadas até restaurantes, lojas variadas, bons hotéis e pousadas charmosas pra descansar.   

Os pontos turísticos de São Bento que também promovem esportes de aventura são o Morro da Igreja, Vale Perdido, Cachoeira do Braço Esquerdo e Recanto Burguer Strasse. 

No Parque 23 de Setembro, fica um dos maiores circuitos de arvorismo do Brasil. Programa perfeito pra quem curte trilhas suspensas sobre copas de cedros e araucárias, bem desafiadoras.

> Relembre: Vale do Itajaí amanheceu coberto de neve

Um divertido passeio de Maria Fumaça pode ser feito apenas uma vez por mês. A atração é fazer este trajeto e se encantar com cachoeiras, florestas, rios e montanhas que vão cruzando o caminho. Pra completar o passeio, um delicioso almoço típico polonês espera pelos turistas.

Treze Tílias é um dos lugares recomendados para visitar no inverno em SC
Treze Tílias é um dos lugares recomendados para visitar no inverno em SC
(Foto: )

No Meio-Oeste, culturas europeias, comes e bebes

Treze Tílias, a mais austríaca cidade de Santa Catarina, é um destino nota 10 pra quem gosta de se esquentar provando boas bebidas e comendo chocolate. Há uma fábrica de vinho e uma de cerveja. E uma terceira de chocolate. Município praticamente autossustentável, Treze Tílias tem como símbolo a edelweiss, flor típica da Áustria.

Objetos que lembram a flo fazem a alegria dos loucos por lembrancinhas. São colares, quadrinhos, bijuterias, ramos artificiais e broches. Os encantos não param por ai. Que tal ver os mais de 5,2 mil canecos de chope, à mostra no restaurante Bier Haus? 

> Neve em Santa Catarina: saiba em quais cidades é possível ver o fenômeno

No Parque Lindendorf, é possível ver uma miniatura da cidade e uma coleção de 3.755 mil chaveiros, 850 canetas e 141 garrafinhas em miniatura de Valter Felder com réplicas de 48 construções originais. Mesmo no frio, o Parque dos Sonhos é atração com um labirinto verde e uma fábrica de sorvetes.

Ainda no Meio-Oeste, fica Fraiburgo ou a Terra das Maçãs, como é conhecida a cidade que esta entre as maiores produtoras da fruta do pecado. Com aspectos que remontam às culturas alemã, italiana e austríaca, há cantinhos pra lá de especiais, seja na arquitetura, artesanato ou gastronomia.

À uma altitude de 1.048 metros, também por lá a neve tem sido presença garantida em alguns anos. Os turistas correm pra lá a fim de acompanhar o processo de produção da maçã, do plantio à colheita. Nesta última fase, é possível pegar a fruta no pé e comer ali mesmo entre as macieiras.  

Entre junho e agosto, o frio pode chegar a 5°C negativos. Boa razão pra aproveitar a produção dos derivados da maçã, em forma de geleias, doces e até vinagre. Um dos destaques entre as opções de hospedagem em Fraiburgo vai para o Hotel Renar, belo e tradicional estabelecimento. 

Ele fica em cima de um morro e de frente para o lago das Araucárias. Sua arquitetura alpino-germânica e área de 150 mil m² em meio à natureza chama a atenção de turistas, inclusive do Exterior. Os principais pontos turísticos de Fraiburgo são o Castelinho, a Praça Maria Frey e o Parque Ecológico René Frey. 

Pontos turísticos de Santa Catarina cobertos pelo gelo
Pontos turísticos de Santa Catarina cobertos pelo gelo
(Foto: )

Afinal, quando teremos neve em Santa Catarina? 

Afirmar agora dias e horários nos quais será possível nevar em Santa Catarina é coisa pra São Pedro. Segundo os meteorologistas da Epagri/Ciram, ainda é cedo pra cravar uma data pra cair neve em determinadas regiões de Santa Catarina com segurança. Pra dizer isso com precisão, são necessários pelo menos sete dias de antecedência.

Neste 2021, há a possibilidade de nevar ainda em junho, no entanto, ainda não há certeza. Ou julho, mês considerado mais frio no Estado. Vale lembrar que já tivemos um recorde de frio neste ano. O levantamento mais recente registrou a menor temperatura em 28 de abril, quando os termômetros chegaram a 5,4ºC negativos em Urupema

Até que a neve não chegue, cuide do planejamento das suas próximas viagens curtas ou longas. O Estado de Santa Catarina é privilegiado porque reúne infraestrutura turística e belezas naturais bem preservadas. 

Dica bônus: Não se esqueça que a Pandemia do Coronavírus não acabou. Portanto, o Estado tem sido obrigado a restringir alguns acessos turísticos, como a entrada em museus e em outras atrações. Antes de afivelar as malas, busque na Internet as informações mais quentinhas pra não errar na hora de fazer sua programação. 

Leia mais

Conheça receitas deliciosas para encarar o frio em Santa Catarina

Recorde de frio em SC: confira as menores temperaturas registradas na história

Quem é a mulher que morreu soterrada após explosão em Florianópolis

"Talvez o pior momento ainda esteja por vir", diz secretário sobre a pandemia de Covid-19 em SC

Colunistas