nsc

Vencer ou vencer

O que o JEC Futsal precisa fazer para seguir na Liga Nacional 2021

Tricolor perdeu o primeiro jogo das quartas de final da competição para o Sorocaba e agora vai precisar de dois triunfos para seguir vivo

08/11/2021 - 09h04

Compartilhe

Jota
Por Jota Deschamps
Dieguinho, artilheiro do JEC Futsal na LNF 2021, é uma das armas do Tricolor.
Dieguinho, artilheiro do JEC Futsal na LNF 2021, é uma das armas do Tricolor.
(Foto: )

A torcida que "lotou" o Centreventos Cau Hansen no último sábado (6) viu um grande jogo de futsal, mas não viu o resultado que esperava. O JEC/Krona Futsal foi derrotado para o Magnus/Sorocaba por 3x2 no jogo de ida das quartas de final da Liga Nacional de Futsal (LNF) e agora vai precisar de duas vitórias em solo sorocabano para continuar vivo na busca pelo título da competição. 

> Receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp 

Os ingressos para o duelo foram vendidos de forma antecipada e logo se esgotaram. Com 40% da capacidade do ginásio liberada (o que corresponde a 1.003 lugares), o Tricolor das Quadras teve o apoio da sua torcida que cantou o tempo todo no Centreventos, mas a festa mesmo foi dos visitantes.

O jogo foi bastante tenso e movimentado, como já era esperado, com as duas equipes brigando muito por cada palmo de quadra. Tanto que pouco depois dos dez minutos de bola rolando, as duas equipes já estavam estouradas no número de faltas coletivas. Charuto (2) e o goleiro Lucas Oliveira marcaram para o Magnus/Sorocaba, enquanto Dieguinho fez os dois gols da equipe tricolor. 

Com a vitória neste primeiro jogo, o Magnus/Sorocaba pode até empatar na volta que garante a vaga na fase semifinal. Ao JEC/Krona Futsal, caberá vencer no tempo normal, por qualquer placar, para forçar a disputa da prorrogação.

No tempo extra, novamente o time da casa vai ter a vantagem do empate, por isso o Tricolor vai precisar vencer de novo para comemorar a classificação. A partida será realizada na Arena Sorocaba, no sábado (13), às 13h15. O time sorocabano é o atual campeão da competição e defende o troféu. Enquanto o JEC quer o segundo título da LNF. 

SUSTO

Além da derrota, o Tricolor ainda passou um susto após uma dividida entre o ala Renatinho e o goleiro Djony. O atleta tricolor ia de costas para o gol, para receber lançamento longo, quando o goleiro do time visitante saiu com o joelho erguido e atingiu o ala do JEC/Krona Futsal ainda no primeiro tempo. Renatinho caiu violentamente contra no chão. Após alguns segundos para recobrar a consciência, ele foi avaliado pelos médicos e não retornou ao jogo, mas passa bem. Mais tarde o jogador foi examinado no hospital e "liberado sem grandes problemas", segundo informou o clube. 

OLHA QUEM VOLTOU

Já o destaque positivo da partida foi a volta de Genaro. Depois de três meses das múltiplas fraturas no braço esquerdo que o fizeram deixar as quadras, o pivô retornou e com a braçadeira de capitão do Tricolor das Quadras. Atuou por alguns minutos na etapa final, mas não conseguiu alterar o placar da partida. Já havia a expectativa de retorno do jogador na fase de oitavas de fnal da competição, nos jogos contra o Santo André/Intelli, mas o departamento médico do Tricolor optou por esperar mais um pouco e liberou o atleta somente agora. 

> JEC anuncia retorno de Sergio Ramirez para a gerência de futebol

> Paulo Massaro confirma acerto verbal com o JEC: “estou muito satisfeito e feliz”

RETROSPECTO

Para chegar às semifinais da LNF 2021, o JEC/Krona Futsal vai precisar derrubar um tabu, já que o Tricolor ainda não venceu o time sorocabano em jogos pela principal competição nacional. Em 2019, no encontro nas semifinais, o Magnus venceu, jogando no Cau Hansen, por 7x0 e depois voltou a vencer em casa por 2x1. Uma temporada antes, o JEC/Krona até venceu no tempo normal por 6x2, mas na prorrogação acabou eliminado após perder por 1x0. Já em 2017, ano mágico para o Tricolor em que foi campeão de tudo o que disputou (incluindo a LNF), houve um encontro na primeira fase da competição no Centreventos e empate por 5x5. 

Na atual temporada, vale lembrar, JEC/Krona e Magnus/Sorocaba decidiram a Taça Brasil de Clubes, na cidade de Dourados-MS e o Tricolor ficou com o vice campeonato após perder por 3x2. 

Colunistas