O município catarinense de São João do Oeste teve a maior taxa de alfabetização do Brasil em 2022: 99,1%. Isso significa que, dos 5.311 habitantes com 15 anos ou mais, somente 48 não sabem ler e escrever um bilhete simples, de acordo com dados do Censo Demográfico divulgados pelo IBGE na última sexta (17).

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

São João do Oeste fica no Extremo Oeste de Santa Catarina, a uma viagem de carro de 11 horas de Florianópolis. Considerada a Capital Catarinense da Língua Alemã, a cidade é conhecida pelos bons índices de educação — no Censo de 2010, o município foi o mais alfabetizado de Santa Catarina e o segundo mais alfabetizado do Brasil.

Segundo o secretário municipal de educação, Claunei Weber, o segredo para o bom resultado tem a ver com a tradição comunitária de valorização da educação. Os alunos encontram incentivos não apenas na escola, mas na família e vizinhos:

— É algo de longa data. A gente percebe que as nossas famílias fazem questão de levar as crianças para escola, as nossas escolas fazem questão de alfabetizá-la na idade certa. É um trabalho conjunto.

Continua depois da publicidade

O secretário diz, contudo, que não há nada de “mirabolante” na estratégia de educação da cidade. O município se orgulha de não ter até hoje uma escola particular. Todo o ensino é público, da creche ao ensino médio.

— Aqui se faz o que tem que ser feito. Existe um empenho para alfabetizar todas as nossas crianças para que tenhamos vagas para todas as nossas crianças, transporte e oportunidade para todos — pontua.

Avanço na alfabetização em SC envolve formação, estrutura e recomposição da pandemia

Veja fotos de São João do Oeste

Resultados de SC

Santa Catarina tem a menor taxa de analfabetismo do Brasil. O censo mostra que apenas 2,7% dos habitantes no Estado acima de 15 anos ou mais não sabem ler e escrever. No Censo de 2010, esse número era de 4,1%. Dos 6,2 milhões de catarinenses de 15 anos ou mais, 6,02 milhões eram alfabetizados e 165,2 mil eram analfabetos.

Continua depois da publicidade

Na comparação com outros estados, Santa Catarina ultrapassou o Distrito Federal, que no Censo anterior era a Unidade da Federação com menor número de analfabetos. Considerando somente as cidades com mais de 500 mil habitantes no Brasil, o principal destaque é Florianópolis, cuja taxa de analfabetismo foi de 1,4%. É a menor entre os municípios de maior porte.

Leia também

SC é o estado do Brasil com a menor taxa de analfabetismo, aponta IBGE

Enem 2024: confira data das provas e como se inscrever

Destaques do NSC Total