nsc
hora_de_sc

OCORRÊNCIA SURPRESA

Operação Lei Seca tem prisão por embriaguez e mulher em trabalho de parto em Florianópolis

Família parada na blitz recebeu escolta até a maternidade

19/12/2021 - 12h09

Compartilhe

Camilla
Por Camilla Martins
Blitz da Lei Seca em Florianópolis
Operação teve início às 23h deste sábado
(Foto: )

A Operação Lei Seca que começou às 23h deste sábado (18), no acesso à Pedro Ivo Campos, em Florianópolis, teve flagrantes de motoristas que dirigiam sob efeito de álcool, uma prisão por embriaguez e uma surpresa para as equipes: um veículo onde estava uma mulher em trabalho de parto foi parado na ação. 

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Durante a fiscalização, o carro foi abordado e o motorista informou que estava a caminho da maternidade, pois seu filho estava prestes a nascer. Quando souberam da situação, agentes da Guarda Municipal de Florianópolis (GMF) escoltaram a família até a maternidade Carmela Dutra, na região central da cidade.  

Segundo a GMF, depois da escolta a família enviou uma foto da mãe e do bebê aos agentes da Guarda para comunicar que a criança havia nascido. 

A blitz da Lei Seca foi finalizada na madrugada deste domingo (19) e ocorreu de forma integrada entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) e a Guarda Municipal. 

> Mulher dá à luz em local de difícil acesso e com ajuda de vizinho em SC; veja vídeo

De acordo com a GMF, 182 veículos foram abordados pelos agentes, dois condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool, quatro pessoas se recusaram a fazer o teste do bafômetro e uma pessoa foi presa por embriaguez ao volante. A fiscalização também ocasionou filas no acesso à ponte.

Leia também

Homem é morto com golpes de faca em Jurerê Internacional

Pai deixa hospital e participa da formatura da filha ao lado de médicos em SC; veja vídeo

Acidentes por animais peçonhentos crescem no verão em SC, alerta Vigilância Sanitária

Colunistas