nsc
hora_de_sc

Luto

Paulo Gustavo, morto por Covid-19, realizou sonho de ser pai após anos tentando

Gêmeos Gael e Romeu nasceram em agosto de 2019 nos Estados Unidos

05/05/2021 - 05h20

Compartilhe

Folhapress
Por Folhapress
Paulo Gustavo
Paulo Gustavo deixou o marido, Thales Bretas, e dois filhos, os meninos Gael e Romeu, de um ano
(Foto: )

Paulo Gustavo, que morreu da Covid-19 nesta terça-feira (4), aos 42 anos, deixou o marido, Thales Bretas, e dois filhos, os meninos Gael e Romeu, de um ano. O nascimento das crianças foi a realização de um dos maiores sonhos do comediante, que registrou a luta que durou vários anos para ter filhos. 

Paulo Gustavo e Thales Bretas se casaram em uma cerimônia no Parque Lage, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, em 20 de dezembro de 2015, após pouco mais de um ano de namoro. Apesar de contar com a presença de diversos famosos, o casal prezou pela discrição e pediu aos convidados que não fizessem registros. 

> Entenda a embolia que levou Paulo Gustavo a estado terminal

Algum tempo depois, eles começaram a pensar em aumentar a família. A primeira tentativa foi em 2017, por meio de uma barriga de aluguel, que chegou a engravidar de gêmeos. Porém, a gestação acabou interrompida antes do tempo.

Em dezembro daquele ano, o humorista compartilhou a tristeza nas redes sociais. "Infelizmente não será dessa vez", lamentou. "Estamos muito tristes, mas fortes e acreditamos que tudo isso tem algum porquê que saberemos mais para frente! Eu e Thales somos muito jovens, saudáveis e nos amamos muito", afirmou. "Portanto, vamos começar tudo de novo ano que vem! Seremos pais, mas um pouco mais pra frente!" 

> No início da pandemia, Paulo Gustavo já temia contaminação por Covid-19: “Tenho medo de pegar isso e morrer”

Os planos de fato se confirmaram. No final de 2018, o casal retomou a ideia de ter filhos usando o mesmo método, desta vez com sucesso. Os gêmeos Gael e Romeu nasceram em agosto de 2019 nos Estados Unidos. 

"Agora somos pais de dois meninos lindos, dois leõezinhos, cheios de vida e saudáveis", comemorou na ocasião. "Estamos muito agradecidos com esse presente que a vida nos deu e em êxtase de tanta felicidade! Nossa família cresceu e todos estão radiantes com a chegada dos bebês", contou. "Queremos viver e aproveitar ao máximo cada momento, cada passo, cada conquista de nossos filhos e nossa, enquanto casal e família." 

> Médium escreve carta psicografada sobre Paulo Gustavo: mensagem seria de uma ancestral do artista

Em entrevista a Sabrina Sato no canal da apresentadora no YouTube, Paulo Gustavo explicou que os dois filhos nasceram de barrigas diferentes. "Geneticamente, Romeu é do Thales e Gael é meu, foram duas barrigas", explicou. 

"A gente 'fez' alguns embriões: cinco embriões com o meu sêmen e cinco com o de Thales. A gente inseminou um em cada barriga", contou. "O que tem a covinha é Gael, o meu. Ele tem um fogo como eu tenho. E Romeu é igual a Thales: romântico, chora, fica querendo abraçar o irmão... E Gael sai correndo." 

> Paulo Gustavo piora e situação é de extrema gravidade, diz boletim

O humorista explicou ainda como foi o processo para trazer as crianças ao Brasil. "A gente teve eles em San Diego [na Califórnia], não foi no Brasil", disse. "Então, esperamos um tempo lá para tirar a documentação, o passaporte americano e o brasileiro. A gente teve que esperar esse tempo." 

"Romeu nasceu dia 3 e Gael dia 13", revelou. "A gente teve que esperar um pouquinho porque dá peninha pegar avião com bebê recém-nascido. Então, ficamos dois meses lá. A família foi visitar a gente, então tivemos esse periodozinho."

*Por Vitor Moreno.

Leia também

Planalto quis mudar bula da cloroquina para tratar Covid, diz Mandetta

Crianças mortas em ataque a creche em SC tinham pouco mais de um ano de idade

Cenas de horror e gritos por socorro: professora relata desespero durante ataque a creche em SC

Colunistas