nsc
hora_de_sc

TV

Pedro Bial chama Bolsonaro de 'acéfalo' na abertura de seu programa

Declaração aconteceu na madrugada desta quinta-feira (17) durante o Conversa com Bial que discutia a importância da escola na vida das crianças

17/12/2020 - 11h56 - Atualizada em: 17/12/2020 - 12h00

Compartilhe

Folhapress
Por Folhapress
"Difícil encontrar desgoverno que se compare no mundo", disse Bial sobre a gestão Bolsonaro.
"Difícil encontrar desgoverno que se compare no mundo", disse Bial sobre a gestão Bolsonaro.
(Foto: )

Em um programa dedicado a discutir a importância da escola na vida das crianças, o jornalista Pedro Bial, 62, chamou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de "desgovernante, inominado, sem noção, delirante e acéfalo".

> Fotos e vídeos mostram estragos da chuva em Santa Catarina nesta quinta

> Ator brasileiro que faz sucesso no México visita SC e fala do sonho de atuar em novela brasileira

As definições foram feitas na abertura do Conversa com Bial da madrugada desta quinta-feira (17), antes dele apresentar os entrevistados: Claudia Costin, diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas e colunista da Folha, e Daniel Becker, pediatra do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

"Difícil encontrar desgoverno que se compare no mundo", disse Bial sobre a gestão Bolsonaro. "Desde o início nosso desgovernante tentou negar a gravidade da crise, seguiu inventando remédios falsamente milagrosos, deu os piores exemplos, sem máscara e sem noção, causou aglomeração e sabotou ministros da Saúde e da Educação".

> SC tem alerta para temporais, ventania e granizo nesta quinta-feira

> O Gambito da Rainha: família catarinense fala sobre participação na série da Netflix

O jornalista não citou o nome do presidente, chamado de "inominado". Segundo ele, é um governante que contribuiu de forma decisiva para que mais gente morresse na pandemia "Agora se supera, delirante, ao desprezar a única solução: a vacina", completou. "Como disse o próprio acéfalo que hoje ocupa o Palácio do Planalto, morrer todo mundo vai morrer mesmo".

Para Bial, a geração atual de crianças e adolescentes ficará marcada para sempre por um ano fora da escola. Com os convidados, ele falou sobre as consequências na saúde física e mental das crianças e adolescentes, e sobre a possível volta às aulas em 2021. Através das redes sociais, na manhã desta quinta (17), Bial compartilhou um vídeo que endossa sua opinião, juntamente com a hashtag "#lugardecriançaénaescola". Nos comentários, dividiu opiniões dos internautas.

> "Acho que serei cancelada" diz Anitta sobre nova série da Netflix

Apoiadores do atual governo o criticaram se manifestaram. "Chato fazer um texto atacando nosso presidente Pedro Bial. Precisamos respeitar a opinião alheia, mesmo que não concordemos", escreveu uma pessoa.

Já outra, achou que o jornalista representou o Brasil. "Bial, parabéns pela abertura do programa! Você representou o Brasil! Sempre com posicionamentos coerentes e assertivos", disse.

> Anchieta, no oeste de SC, recebe gravações do filme “Barão Hirsch – O Judeu de Quatro Irmãos”

Colunistas