A Polícia Federal deflagrou uma operação nesta terça-feira (2), em Laguna, no Sul catarinense, com o objetivo de combater a comercialização de produtos eletrônicos pela internet. Durante as investigações, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e identificadas movimentações financeiras suspeitas em valores superiores a R$ 5 milhões.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Os aparelhos teriam sido trazidos ao país por descaminho, sem os devidos recolhimentos dos tributos legais. Segundo a PF, esse valor poderia gerar ao menos R$ 1 milhão em tributos devidos e não recolhidos aos cofres públicos.

Com o apoio da Receita Federal, as investigações concluíram que quatro suspeitos estavam realizando comércio ilegal de mercadorias, principalmente de celulares, através de plataformas digitais. Segundo a PF, o grupo atuava na região do litoral sul catarinense.

Os investigados poderão responder pela prática de crime de descaminho, com pena de até cinco anos de reclusão.

Continua depois da publicidade

Leia também

O que ainda falta saber sobre homem que morreu em briga por rede de pesca no Sul de SC

Como o PL sai ganhando se Seif for cassado e SC tiver nova eleição ao Senado

Homem fica ferido após ser arremessado por vaca em SC

Destaques do NSC Total