nsc
    hora_de_sc

    Investigação

    Polícia Civil conclui inquérito e indicia 3 pessoas por morte de turista gaúcho em Florianópolis 

    Indiciados pelo homicídio integram facção que atua no Norte da Ilha, disse delegado

    03/02/2020 - 15h03 - Atualizada em: 03/02/2020 - 15h06

    Compartilhe

    Por Guilherme Simon
    Kennedy Maldaner Santos da Silva
    Kennedy Maldaner Santos da Silva morava em São Leopoldo (RS) e passava férias em Florianópolis
    (Foto: )

    A Polícia Civil indiciou três pessoas pelo assassinato do turista gaúcho Kennedy Maldaner Santos da Silva, 20 anos, morto no começo de janeiro após entrar na comunidade do Siri, nos Ingleses, em Florianópolis. O inquérito foi concluído na semana passada e entregue à Justiça.

    Conforme o delegado Ênio Mattos, titular da Delegacia de Homicídios da Capital, os indiciados são três homens que atuam em uma facção criminosa na região onde o crime ocorreu. Eles vão responder por homicídio qualificado, tentativa de homicídio e lesão corporal. Ênio também informou que solicitou a prisão preventiva do trio.

    Ainda segundo Mattos, a investigação também apontou o envolvimento de três adolescentes, e a Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami) foi acionada para as medidas cabíveis.

    Kennedy Maldaner Santos da Silva foi encontrado morto no dia 6 de janeiro em uma trilha na comunidade do Siri, no Norte da Ilha. O rapaz morava em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, e passava férias com amigos na Capital catarinense.

    Segundo a polícia, os turistas teriam entrado na comunidade para comprar uma porção de maconha e foram capturados por membros de uma facção após supostamente serem confundidos com criminosos rivais. Dois deles ficaram feridos, mas conseguiram fugir. O corpo de Kennedy foi encontrado no dia seguinte.

    — O crime foi motivado por uma briga de facção. Os autores se precipitaram, concluíram que eles (os turistas) fossem de uma facção rival. Mas isso não foi confirmado. Eles (os turistas) nem era daqui — disse Ênio.

    O delegado também afirmou que a informação sobre uma suposta rixa entre um dos turistas e os autores do crime não foi confirmada durante as investigações.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas