Um cachorro da raça pitbull foi resgatado nessa quinta-feira (8) na cidade de Chapecó, em situação de maus-tratos. A iniciativa foi da Polícia Civil, por meio da 3ª Delegacia de Polícia de Fronteira de Chapecó. Além do cão, galos também foram encontrados em gaiolas com alimentação e água, porém com sinais de ferimentos, alertando para a possível criação para rinha.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

De acordo com o relato dos agentes policiais, o pitbull estava muito magro com miíase (conhecida como bicheira) em diversas partes do corpo.

No local, vizinhos contaram que havia dois cachorros da mesma raça, porém um deles acabou morrendo devido aos ferimentos causados por uma briga entre os cães, e que não foram tratados pelo proprietário após o ocorrido. Ainda segundos populares, o corpo do cachorro foi jogado na mata próxima, porém, ninguém soube indicar o local exato.

Os veterinários do Núcleo de Atenção aos Pequenos Animais (NAPA) que acompanharam a diligência constataram que a situação de fome e a saúde deficiente do cachorro é de longa data, provavelmente devido ao descuido do tutor com o seu animal.

Continua depois da publicidade

O cachorro foi recolhido pelo órgão para tratamento e posteriormente será encaminhado para adoção. O suspeito foi preso em flagrante.

Leia mais

Vacina contra a Covid-19 deve ser cobrada na matrícula das escolas, diz MPSC

Com maiores salários do país, Ministério Público de SC paga R$ 99 mil por mês e fura teto

Imetro encontra 21 lotes de materiais escolares com irregularidades em SC

Destaques do NSC Total