nsc
hora_de_sc

Recuperação

Famílias ficam desabrigadas e ponte cai durante passagem do ciclone em Florianópolis

Capital registrou 255 mm de volume de chuva no período, três vezes mais do que o esperado para o mês de maio, 80 mm

05/05/2022 - 17h51 - Atualizada em: 05/05/2022 - 17h56

Compartilhe

Gabriela
Por Gabriela Ferrarez
Prefeitura registrou 19 quedas de árvore e duas famílias ficaram desabrigadas
Prefeitura registrou 19 quedas de árvore e duas famílias ficaram desabrigadas
(Foto: )

Florianópolis contabiliza prejuízos causadados pela chuva, que atinge o Estado desde segunda-feira (2). Nesta quinta-feira (5), uma força-tarefa começou a trabalhar na recuperação das áreas atingidas. Duas famílias ficaram desabrigadas, uma ponte desabou, houve três deslizamentos e 19 árvores caíram.

> Receba notícias do DC via Telegram

Segundo a prefeitura, uma ponte no bairro Ingleses, que já estava interditada pela Defesa Civil, caiu. Não houve feridos, e as equipes começaram a trabalhar na recuperação da estrutura nesta quinta-feira. Três pontos de deslizamento foram registrados. Um muro no Canto dos Araçás, um deslizamento em terreno de um prédio em Canajurê, e uma obra na região Central - que interditou uma rua. O prédio já foi liberado para os moradores retornarem, pois não houve danos estruturais. 

Conforme a prefeitura, cinco pessoas estão acolhidas em um hotel credenciado: três membros de uma família que tiveram a casa afetada por deslizamento e outros dois familiares que tiveram a casa alagada. Neste caso, a família pode retornar à residência assim que a água baixar. 

A força-tarefa trabalha para recuperar diversos locais tiveram estrutura ou manutenção afetadas pelo volume de água. Nos últimos três dias, foram registrados 255 mm de volume de chuva, três vezes mais do que o esperado para o mês de maio, 80 mm. 

A Defesa Civil Municipal está nos locais onde ocorreram desastres como deslizamentos para averiguar novamente os riscos. Na madrugada desta quinta, uma embarcação tombou com o vento. 

Nas rodovias prejudicadas, a Secretaria Municipal de Infraestrutura começou a operação tapa-buraco, que repara pontos que sofreram danos mais críticos, como reparos de drenagem, buracos maiores, pavimento e limpeza de ruas.

Casas no bairro José Mendes sofreram com deslizamento

Um deslizamento de terra em Florianópolis atingiu duas casas do bairro José Mendes, na região central da cidade, durante a manhã de terça-feira (3). A assistência social do município encaminhou os moradores de uma das residências para um hotel da cidade. A outra família não precisou de hospedagem e está abrigada em casa de parentes.

Leia também

SC tem ao menos 44 mil pessoas afetadas pelas chuvas em 115 municípios

Urubici registra maior enchente em 26 anos; veja vídeo

Com trauma da enchente de 1974, moradores de Tubarão vivem tensão com a chuva

Colunistas