Erasmo Carlos, um dos principais cantores e compositores do Brasil, morreu nesta terça-feira (22) após ser internado com um quadro de síndrome edemigênica. Nas redes sociais, famosos e amigos lamentaram a morte do artista. Um dos primeiros a publicar a notícia foi o diretor da Rede Globo, o Boninho. “Meu adeus ao querido Tremendão”, diz a postagem no Instagram.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Tremendão era um dos apelidos de Erasmo. A origem do apelido foi divulgada pelo próprio Erasmo, em um tuíte publicado em janeiro de 2012. O nome ficou conhecido devido à grife de produtos para jovens que o artista criou nos anos 1960, quando apresentava o programa a Jovem Guarda, ao lado de Roberto Carlos e Wanderléia, que também tiveram suas próprias grifes, chamadas “Calhambeque” e “Ternurinha”, respectivamente.

A grife “Tremendão” produzia calças, coletes e chapéus para a juventude da época e era vinculada à empresa Jovem Guarda Produções, que patrocinava o programa. A ideia de vender produtos foi inspirada no fenômeno dos The Beatles.

Em 1967, Erasmo lançou seu terceiro álbum, chamado “O Tremendão”, com uma faixa título de mesmo nome.

Continua depois da publicidade

Veja a publicação de Erasmo sobre o apelido “Tremendão”

Leia também

Caetano Veloso encanta público em Floripa e irá retornar em 2023; saiba quando

Caetano chora em show de SC ao cantar música que cita Gal Costa

Lula, Boninho e Vasco da Gama: amigos e famosos lamentam morte de Erasmo Carlos

Destaques do NSC Total