nsc
    santa

    Pandemia

    Prefeitura de Blumenau proíbe idosos em ônibus e restringe acesso a supermercados

    Medidas foram anunciadas nesta quarta-feira

    24/06/2020 - 18h44 - Atualizada em: 25/06/2020 - 05h21

    Compartilhe

    Bianca
    Por Bianca Bertoli
    Segundo prefeitura, número de infectados em Blumenau passa de 1.700
    Segundo prefeitura, número de infectados em Blumenau passa de 1.700
    (Foto: )

    Conforme o prometido, o prefeito Mário Hildebrandt anunciou as novas medidas que serão adotadas em Blumenau para tentar frear a rápida evolução do novo coronavírus na cidade. Apesar da expectativa por restrições mais severas, as anunciadas na noite desta quarta-feira (24) não diferem muito do que já vem sendo aplicado no município.

    > Em site especial, saiba mais sobre o coronavírus em Santa Catarina

    As principais novidades são em relação aos supermercados, transporte coletivo e parques públicos. O decreto sobre o assunto deve ser assinado nesta quinta-feira (25) e as novas regras passam a valer na sexta (26).

    Pessoas que forem ao supermercado acompanhadas não poderão entrar nos estabelecimentos. A punição, nestes casos, será para os lugares que permitirem a entrada de famílias ou grupos.

    — Uma pessoa por família era recomendação, como a gente observou que não houve respeito a isso, agora é penalidade — disse Krambeck.

    Conforme o secretário de Saúde, Winnetou Krambeck, se houver o flagrante em alguma fiscalização da Vigilância Sanitária, o local será notificado. Se a infração se repetir haverá multa e fechamento do local. As medidas de seguranças, como distanciamento de mesas em restaurantes e uso de máscaras também serão cobradas.

    Para reforçar as inspeções, fiscais do Procon, Defesa Civil e policias militares unirão esforços com as equipes da Vigilância Sanitária. Prefeito e secretário pediram que denúncias sejam feitas para auxiliar as vistorias do poder público.

    > Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Já o transporte coletivo terá o horário de funcionamento reduzido. Os ônibus vão parar de circular às 23h e idosos não poderão embarcar nos veículos. No caso dos parques, o Ramiro Ruediger será fechado. Nas últimas semanas moradores podiam ir ao espaço para atividades esportivas individuais.

    São medidas brandas que não impactam os setores. Porém, Hildebrandt destacou que se não houver colaboração da população e comerciantes, as ações podem ser endurecidas.

    — Nós estamos trabalhando para conciliar todas as ações para que a atividade econômica possa continuar existindo. Se nós sentirmos um desvio e um perigo nessa curva, as medidas podem ser mais restritivas — declarou Hildebrandt. Segundo dados municipais desta quarta-feira, 1.723 blumenauenses já contraíram o vírus. Desses, 826 estão em tratamento, 16 em UTIs e 12 em enfermaria. Há outros seis leitos de UTI ocupados por pessoas de municípios da região. São 43 espaços destinados aos pacientes com Covid-19 em toda a cidade. Mário lembrou que outros 20 serão criados para reforçar o atendimento hospitalar.

    Confira as novas medidas restritivas de Blumenau

    - Aglomerações, seja em ambiente público ou privado, estão proibidas. A Vigilância Sanitária (pelo disque 156) e PM (190) podem ser acionadas para ficalização.

    - Parques públicos - fechados a partir de sexta-feira.

    - Transporte coletivo - último horário será às 23h. Pessoas acima de 60 anos não poderão embarcar.

    - Lanchonetes, food parks, cafeterias, bares, padarias (exceto as localizadas às margens de rodovia - funcionamento até as 22h.

    - Restaurantes e pizzarias - funcionamento até as 23h

    - Supermercados, mini mercados e mercearias - horário normal, mas apenas uma pessoa por família pode fazer as compras. Em caso de descumprimento, o estabelecimento pode ser penalizado.

    - Conveniência de postos de combustíveis - proibido o consumo de bebida alcoólica no interior e arredores.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas