nsc
dc

Política

Presidente da Anvisa reage a críticas de Bolsonaro e cobra retratação

"Se o senhor dispõe de informações que levantem o menor indício de corrupção, não perca tempo nem prevarique", disse Antônio Barra Torres

08/01/2022 - 20h15

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
antonio-barra-torres-presidente-anvisa
Antônio Barra Torres, diretor-presidente da Anvisa
(Foto: )

Após duras críticas do presidente Jair Bolsonaro (PL) nos últimos dias, o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, cobrou, em nota divulgada neste sábado (8), um pedido de retratação ou a investigação caso haja indícios de corrupção.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

– Se o senhor dispõe de informações que levantem o menor indício de corrupção sobre este brasileiro, não perca tempo nem prevarique, senhor presidente. Determine imediata investigação policial sobre a minha pessoa aliás, sobre qualquer um que trabalhe hoje na Anvisa, que com orgulho eu tenho o privilégio de integrar. Agora, se o Senhor não possui tais informações ou indícios, exerça a grandeza que o seu cargo demanda e, pelo Deus que o senhor tanto cita, se retrate – cobrou Barra Torres.

Na última quinta-feira (6), Bolsonaro disparou contra a agência, diretores e servidores devido à aprovação da vacinação de crianças contra a Covid-19 e ao pedido pela suspensão dos cruzeiros marítimos no país.

Saiba mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total.

Leia também

> Exército exige vacinação e proíbe que militares espalhem fake news

> Ministério da Saúde não exigirá prescrição para vacinar crianças contra Covid

> Camarão mal mastigado provocou internação de Bolsonaro e saída às pressas de SC

Colunistas