Depois que o vídeo de uma professora da rede municipal de Balneário Gaivota, Sul do Estado, mostrá-la arrastando uma criança pelos braços, a Secretaria de Educação da cidade abriu um processo administrativo e afastou a servidora, já na terça-feira (5), quando as imagens começaram a circular.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Nas imagens, a servidora aparece saindo de uma sala de aula. Ela pega a criança pelos braços e a arrasta para fora do ambiente, para o corredor. O aluno se ajoelha, tenta se desvencilhar, mas é arrastado pelo chão do corredor.

A professora segue segurando o menino, que chega a se jogar no chão, mas é levantado por ela, que o carrega até outro ambiente.

A reportagem não conseguiu contato com a Secretaria de Educação do município. Em nota, a pasta “reafirmou seu compromisso com as crianças, pais e comunidade escolar, esperando uma célere apuração do ocorrido, para que fatos como este não voltem a acontecer”.

Continua depois da publicidade

Leia a nota na íntegra

“Tão logo o Prefeito Municipal de Balneário Gaivota, Everaldo dos Santos, tomou conhecimento dos fatos envolvendo uma professora de uma unidade de educação infantil do município, que teria arrastado uma criança pelos corredores da instituição, determinou a imediata abertura de Processo Administrativo Disciplinar e o afastamento liminar da servidora. O Prefeito Municipal exigiu a rápida apuração dos fatos.

A Secretaria de Educação também reafirmou seu compromisso com as crianças, pais e comunidade escolar, esperando uma célere apuração do ocorrido, para que fatos como este não voltem a acontecer.

Nossos alunos são o maior patrimônio da Educação Gaivotense!

Everaldo dos Santos
Prefeito Municipal

Thaís Valandro Martins Borges
Secretaria de Educação”

*Por respeito ao ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) a reportagem optou por não divulgar o vídeo que expõe imagens da criança.

Leia mais

Justiça rejeita pedido de faculdades particulares que tentavam barrar Universidade Gratuita em SC

Continua depois da publicidade

VÍDEO: Professora é indiciada por amarrar crianças em creche no interior de SC

Destaques do NSC Total