nsc
hora_de_sc

PMF

Projeto que oferece aulas de vôlei para terceira idade inicia atividades também na modalidade praia

Projeto Vôlei Melhor Idade atende grupos de idosos da capital

13/07/2022 - 14h38 - Atualizada em: 13/07/2022 - 14h41

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
A diminuição de atividades leva ao ócio e sintomas depressivos, que podem melhorar com a prática de exercícios
A diminuição de atividades leva ao ócio e sintomas depressivos, que podem melhorar com a prática de exercícios
(Foto: )

A prática regular de esportes traz benefícios não só para a saúde, com o controle de níveis de açúcar e colesterol, ganho de massa magra, força e flexibilidade, como também mental, diminuindo stress, ansiedade e sendo um grande aliado de quem faz tratamentos psiquiátricos.

Quando praticados em equipe, melhor ainda: refletem o caráter colaborativo e a importância do trabalho em equipe para obter resultados em grupo. Na terceira idade, quando as pessoas costumam se aposentar, além do envelhecimento, a diminuição das atividades muitas vezes leva ao ócio e sintomas depressivos, que podem melhorar com uma rotina de exercícios adequada.

> Florianópolis instala brinquedos inclusivos em unidades educativas da rede municipal

Pensando nisso, a capital catarinense oferece aulas gratuitas de vôlei para a terceira idade, com o objetivo de resgatar a cidadania e a autonomia do idoso. O projeto Vôlei Melhor Idade atende cerca de cem idosos da faixa etária entre 50 e 100 anos. As aulas são abertas a todo o público interessado nessa idade.

O professor Fernando Lucas conta que o convênio iniciou em 2021, a partir de um projeto apresentado por ele, que já dava aulas ao grupo formado por idosos que alugavam uma quadra para os treinos. Agora, a prefeitura é parceira e contribui com recursos para o pagamento do docente, aluguel do ginásio e compras de materiais.

— O mais importante é a saúde. Eles cuidam muito, tem boa condição física, apesar da idade. É uma forma de promover o lazer, uma terapia ocupacional e inclui toda a parte de socialização, amizade envolvida. Ajuda na saúde mental, pois quando praticamos esportes, não há tempo para pensar em coisa ruim. Evita ansiedade, depressão, angústia, tristeza, que muitos idosos possuem com ociosidade e falta de atividades — detalha o profissional de educação física.

Mesmo antes de virar um projeto do poder público, o time já era destaque e o ano de 2019 impulsionou a visibilidade dos atletas. Em 2019, os alunos foram campeões dos Jogos Abertos da terceira idade na categoria 60 anos masculino e no feminino alcançaram o 4º lugar.

— Em 2019, também vencemos na Semana do Idoso de Camboriú com o feminino e segundo lugar com o masculino. Existe também uma liga litorânea de vôlei adaptado, master, sênior e biso. Disputamos em todas as categorias e fomos campeões em 60 masculino, 5º no 60 feminino, campeões no 70 feminino, 5º no 70 masculino, o “biso”, e no master em ambos os sexos terceiros colocados. Neste ano, já disputamos torneios biso 70 anos, ficamos em 5º no masculino e terceiro no feminino na Liga Litorânea, campeonato realizado no Vale do Itajaí — detalha.

Aulas disponíveis

As aulas de vôlei são realizadas no Clube Doze de Agosto, em Coqueiros, nas quartas e sextas, das 8h até 11h30. Já as aulas de vôlei de praia ocorrem na Beira-Mar de São José, nas terças-feiras, das 9h às 11h30. No vôlei de praia, faz parte do time uma dupla que foi campeã em 2019 no Brasileiro Master Saquarema.

Sobre o projeto

O Projeto Vôlei Melhor Idade atende grupos de idosos com experiências de vida distintas, buscando assegurar os direitos sociais do Idoso, criar condições para promover sua autonomia, integração e participação efetiva na sociedade, com saúde, trabalho, previdência e seguridade social, além de políticas de esporte, turismo e lazer e educação.

> Revisão do Plano Diretor pretende incentivar o comércio nos bairros de Florianópolis

Entre as metas, estão promover a competitividade sadia, melhorar a saúde, educação e cidadania, prestar o auxílio necessário às pessoas nessa fase da vida e tornar os esportes uma necessidade de vida entre os participantes do projeto. Entre os benefícios, a prática esportiva promovida pelo projeto favorece o equilíbrio entre corpo e mente, aumenta a auto-estima dos envolvidos, diminui sintomas de ansiedade, síndrome do pânico, estresse, depressão e melhora o humor.

A saúde é vantagem, mas o convívio também. Com as atividades desenvolvidas sempre em grupo, a iniciativa promove a integração com outros grupos de idosos, não somente nos treinos, mas também por meio de participações em competições esportivas dentro e fora do estado.

Com o time de idosos da capital, a cidade está muito bem representada nos eventos externos. Confira a rotina do grupo no Blog.

Leia também

Potencial: Vias gastronômicas são atrativos para aumentar o turismo em Florianópolis

Prefeitura de Florianópolis promove vacinação itinerante

Revisão do Plano Diretor de Florianópolis incentiva proteção às áreas de preservação permanentes

Colunistas