nsc
dc

SUA VEZ?

Quando serei vacinado contra a Covid-19 em Santa Catarina?

Veja qual a ordem de imunização contra o coronavírus dos grupos de risco e faixas etárias

19/01/2021 - 06h48 - Atualizada em: 22/01/2021 - 16h25

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Profissionais da saúde e idosos são os primeiros a serem vacinados contra a Covid
Profissionais da saúde e idosos são os primeiros a serem vacinados contra a Covid
(Foto: )

A vacinação contra Covid-19 em Santa Catarina começou na segunda-feira, 18 de janeiro. Com poucas doses, porém, o início da campanha foi restrito a alguns grupos específicos e motiva a dúvida: "afinal de contas, quando serei imunizado contra o coronavírus?". 

> Receba notícias de Santa Catarina por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo

O governo do Estado elaborou um plano de vacinação que enumera as fases e os grupos prioritários para receberem a vacina. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) considera quatro fases de imunização, mas a rapidez de aplicação da vacina depende da quantidade de doses a ser enviada a Santa Catarina pelo governo Federal. 

No plano, a primeira fase considera 426.678 catarinenses. Estima-se, porém, que cerca de 68.121 pessoas serão vacinadas no Estado com a quantidade de doses recebidas na primeira leva de distribuição. Do total previsto pelo governo, 16% dos catarinenses da primeira fase serão vacinados. 

A ordem de vacinação em SC

Fase 1 de vacinação

Trabalhadores da saúde, população idosa a partir dos 75 anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas) e a população indígena serão vacinados, o que representa 426.678 pessoas.

Na segunda-feira (18), pouco mais de 144 mil doses chegaram ao Estado. Por isso, considerando as possíveis perdas técnicas e as duas doses necessárias, 68.121 catarinenses serão vacinados. Ao todo, 16% do grupo 1 será vacinado nesta primeira leva, seguindo esta ordem:

- Pessoas com mais de 60 anos em Instituições de Longa Permanência (asilos e casas de repouso): 6.026

- População indígena: 7.710

- Trabalhadores da saúde: 54.385

> Vacinas terão sistema de segurança reforçado em SC

À medida em que o Estado receber mais doses, as demais pessoas do grupo 1 serão imunizadas, bem como os catarinenses das outras fases de vacinação.

Fase 2 de vacinação

844.644 pessoas de 60 a 74 anos serão imunizadas.

Vacinação contra Covid-19 em SC começou oficialmente na segunda-feira (18) e idoso foi vacinado em ato simbólico
Vacinação contra Covid-19 em SC começou oficialmente na segunda-feira (18) e idoso foi vacinado em ato simbólico
(Foto: )

Fase 3 de vacinação

1.365.028 pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença, como portadores de doenças renais crônicas, cardiovasculares, entre outras. Essas pessoas receberão a aplicação da vacina. 

Fase 4 de vacinação

166.289 professores, forças de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional serão vacinados.

Quem está fora desses grupos não tem previsão de receber a vacina contra a Covid-19 em SC, conforme Plano de Imunização.

A ordem de imunização nas cidades de Santa Catarina

Com base no Plano de Vacinação Estadual, as cidades de Santa Catarina tem autonomia para adaptar a ordem de vacinação de acordo com a quantidade de pessoas em cada grupo prioritário. Como a chegada da vacina ao Estado se dará de forma gradual, os grupos populocionais para vacinação serão escalonados a cada nova leva do imunizante que chegar. 

Nesse primeiro momento, os trabalhadores da saúde serão as pessoas que mais receberão vacina. Por isso, o Governo do Estado recomenda que a imunização seja feita na seguinte ordem, de acordo com a quantidade de pesoas do município em cada grupo: 

• Profissionais que atuam nas UTIs COVID-19

• Profissionais que atuam nas Emergências COVID-19

• Profissionais que atuam no atendimento clínico hospitalar COVID-19;

• Profissionais do SAMU;

• Trabalhadores das Instituições de Longa Permanência de Idosos e de Residências Inclusivas (Serviço de Acolhimento Insti tucional em Residência Inclusiva para jovens e adultos com deficiência);

• Equipes de vacinação que estiverem diretamente envolvidas na vacinação dos grupos elencados para esta etapa.

A fisioterapeuta Graziela de Vila de Luca Tonon foi uma das profissionais que já receberam a primeira dose da vacina em Joinville
A fisioterapeuta Graziela de Vila de Luca Tonon foi uma das profissionais que já receberam a primeira dose da vacina em Joinville
(Foto: )

> As variantes já conhecidas do coronavírus e a suspeita em SC

Todos os trabalhadores da saúde serão contemplados com a vacinação, mas a ampliação da cobertura desse público será gradativa, conforme disponibilidade da vacina.

vacinacao
AS VACINAS
O governo de Santa Catarina seguirá o Plano de Vacinação Nacional, que usará as vacinas da AstraZeneca e da CoronaVac. A seguir, outros detalhes sobre os imunizantes:
CORONAVAC
Parceria entre a chinesa Sinovac e o Instituto Butantan
ASTRAZENECA
Parceria entre a universidade de Oxford e a Fiocruz
TECNOLOGIA
A CoronaVac utiliza uma técnica desenvolvida há mais de 70 anos. As vacinas inativadas são compostas pelo vírus morto ou por partes dele. Esses vírus não nos deixam doentes, mas permite que nosso organismo desenvolva uma memória para nos defender contra a ameaça.
A Astrazeneca é elaborada a partir da versão enfraquecida de um adenovírus que causa resfriado em chimpanzés (mas não causa doença em humanos). A esse imunizante foi adicionado partes do coronavírus , o que faz o corpo humano produzir anticorpos ao ter contato com esse vetor.
EFICÁCIA
CoronaVac
AstraZeneca
50,38%
70,4%
O número envolve pacientes que tomaram a vacina e tiveram casos muito leves, quase assintomáticos, da doença. Para os casos leves, em que não há necessidade de internação, a eficácia da vacina é de 78%. Nos casos graves e mortes a eficácia apresentada é de 100%.
Com os problemas na fase de testes (um dos grupos recebeu uma dose inteira e outra pela metade, ao invés de duas doses do imunizante), os resultados variaram entre 62% e 90%. De qualquer forma, a vacina apresenta eficácia acima dos 50% exigidos pela Anvisa.
DOSES NO BRASIL
6
milhões
2
milhões
CoronaVac
AstraZeneca
ARMAZENAMENTO
Tanto a CoronaVac quanto a AstraZeneca podem ser mantidas em geladeiras comuns, em temperatura entre 2°C e 8°C.
EFEITOS COLATERAIS
Não foram registrados efeitos adversos graves em nenhuma das duas vacinas. Os efeitos mais comuns foram dor no local da injeção, febre e dor de cabeça de intensidade leve ou moderada.
VACINAÇÃO EM SANTA CATARINA
O plano de vacinação no Estado prevê a imunização em quatro fases:
1ª fase
Serão imunizados trabalhadores da saúde, idosos com mais de 75 anos, moradores de asilos e instituições psiquiátricas com mais de 60 anos e a população indígena.
Estimativa:
426.678
pessoas
vacinadas
144.000
doses
recebidas por SC em 18 de janeiro
Considerando as possíveis perdas técnicas e as duas doses necessárias, 68.121 catarinenses serão vacinados, sendo:
. 6.026 pessoas com mais de 60 anos em asilos
. 7.710 da população indígena
. 54.385 trabalhadores da saúde
2ª fase
Terá como foco a imunização de pessoas entre 60 e 74 anos.
Estimativa:
844.644
pessoas
vacinadas
3ª fase
As doses serão aplicadas em pessoas com comorbidades para a Covid-19.
Estimativa:
1.365.028
pessoas
vacinadas
4ª fase
Na última etapa, devem ser vacinados professores, agentes das forças de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional.
Estimativa:
166.289
pessoas
vacinadas
2.802.639
é a soma das pessoas vacinadas nas quatro fases
Conforme o Plano de Imunização, quem está fora desses grupos não tem previsão de receber a vacina contra a Covid-19 em SC.
INFOGRAFIA:
Editoria de Arte NSC

*Com supervisão de Augusto Ittner

Leia também

Vacinas contra Covid importadas da Índia devem chegar nesta sexta ao Brasil

Governo de SC pede ajuda a empresários por carnaval seguro

Biden vai pedir quarentena a passageiros internacionais

Colunistas