nsc

Olimpíada

Quatro em Campo vive a expectativa da estreia do futebol nos Jogos de Tóquio

Aline Pellegrino, coordenadora das competições femininas da CBF, é a convidada do programa, ao vivo a partir de 20h

20/07/2021 - 14h24 - Atualizada em: 20/07/2021 - 20h16

Compartilhe

Leandro
Por Leandro Lessa
Julia Bianchi seleção olímpica feminina
Catarinense de Xanxerê, Julia Bianchi está na seleção olímpica feminina em Tóquio
(Foto: )

O Quatro em Campo desta terça-feira (20) vive a expectativa da estreia do futebol na Olimpíada de Tóquio. Nesta quarta (21), às 5h (horário de Brasília), a seleção feminina encara a China no começo da caminhada para tentar o ouro inédito. Já a equipe masculina terá o primeiro desafio contra a Alemanha, na quinta (20), às 8h30, na reedição da final da modalidade nos Jogos do Rio, em 2016. 

> Tóquio 2020: veja quando será a estreia dos atletas catarinenses nas Olimpíadas

> Conheça os 15 catarinenses convocados para as Olimpíadas de Tóquio

Na história olimpica, o Brasil tem duas medalhas prateadas no futebol feminino - Atenas 2004 e Pequim 2008. Dentro do grupo na Grécia, estava a zagueira Aline Pellegrino. Atualmente coordenadora das competições femininas da CBF, a ex-jogadora é a nossa convidada do programa para falar sobre o desenvolvimento do esporte no país, com a esperança de chegar no ponto mais alto do pódio pela primeira vez nos Jogos. 

Ex-zagueira da seleção, Aline Pellegrino coordenadora das comeptições femininas da CBF
Ex-zagueira da seleção, Aline Pellegrino é coordenadora das competições femininas da CBF
(Foto: )

Em território japonês, uma das integrantes que vestem a Amarelinha é estreante em Olimpíadas: Julia Bianchi é catarinense nascida em Xanxerê. A jogadora polivalente tem 23 anos de idade e atua pelo Palmeiras, após passagem destacada no Avaí Kindermann com o vice no Brasileiro de 2020. A goleira pernambucana Bárbara, que joga há anos pela equipe catarinense, também foi convocada pela técnica Pia Sundhage. 

> Tóquio 2020: confira 5 curiosidades sobre as Olimpíadas

Já no masculino, eram cinco medalhas (três pratas e dois bronzes) até finalmente chegar o ouro no Rio. O palco da estreia na edição deste ano, em Yokohama, é o mesmo em que o Brasil foi pentacampeão mundial em 2002, diante da Alemanha. Sem Neymar, Richarlison fica com a camisa 10. A busca pelo bicampeonato olímpico conta também com Dani Alves, jogador com mais títulos oficiais na história do futebol. 

Jogadores da seleção olímpica do Brasil treinam em Yokohama, no Japão
Jogadores da seleção olímpica do Brasil treinam em Yokohama, no Japão
(Foto: )

A escalação do programa está com Leandro Lessa, Salles Jr, Dani Walzburiech e Heitor Machado.

O Quatro em Campo versão local destaca o futebol de SC, no Brasil e no mundo, com um conteúdo mais dinâmico para agitar os ouvintes da CBN Diário durante as noites da semana. Além dos "titulares" do dia no programa, o espaço é aberto para convidados especiais e entrevistas com personalidades ligadas ao esporte.

Ouça o Quatro em Campo desta terça-feira, dia 20/07/2021:

Leia mais

“SC representa muito na minha vida. É a minha segunda casa”, diz Bruninho, da Seleção Brasileira de vôlei

"Responsabilidade muito grande", diz Renan Dal Zotto sobre seleção de vôlei nas Olimpíadas

Bruno Fontes chora ao ser cortado das Olimpíadas de Tóquio; vídeo

Colunistas